Notícias

As notícias mais importantes e mais relevantes que encontramos sobre o universo da Energia Solar Fotovoltaica, além de tópicos sobre outras formas de Energias Renováveis e questões de Sustentabilidade.


Consumidor pagará 60% a menos pela energia solar daqui há 20 anos, diz estudo

Relatório da Statkraft aponta que 80% da eletricidade mundial será renovável em 2050, sendo a opção mais barata e limpa

Em 2050, o consumidor pagará pelo sistema solar fotovoltaico 60% menos do que hoje. Além disso, a capacidade global da fonte aumentará em 30 vezes até lá. As informações são do relatório da Statkraft Baixas Emissões – Cenário 2019. O relatório é desenvolvido anualmente pela empresa apontando o cenário de baixas emissões e a análise do desenvolvimento do mercado global de energia, com o objetivo de entender de maneira mais profunda as tendências do mercado. Leia mais…


Aneel quer impedir produção de energia elétrica com painéis solares

Mudança nas regras beneficiaria as distribuidoras, podendo inviabilizar a produção em menor escala.

A produção de energia limpa que mais cresce no Brasil é a de Geração Distribuída (GD), com expansão de 150% entre 2018 e 2019. Entretanto, a energia solar está correndo risco antes mesmo de deslanchar. A revisão de uma norma, proposta pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), pode retirar os subsídios do setor. Leia mais…


Agricultora usa energia solar em irrigação e reduz custos

Toda a produção é comercializada em duas feiras que ocorrem em Sapé.

Geração de energia solar não utiliza nenhum tipo de combustível. (Foto: Divulgação/Secom-PB)

A utilização de energia solar na irrigação para a produção de hortaliças por agricultores familiares está possibilitando agregar valor aos produtos agroecológicos e, consequentemente, aumentar a lucratividade por parte dos produtores. Um exemplo vem do município de Sapé, onde a agricultura Maria Nunes da Silva, do Assentamento 21 de abril, que foi contemplada com um kit de energia fotovoltaica por meio do Programa de Apoio a Projetos de Infraestrutura e Serviços em Territórios Rurais (Proinf) da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead). Leia mais…


Copel e UTFPR inauguram estações de pesquisa em energia solar

Projeto estabelece estações de pesquisa em seis câmpus da Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Pesquisa vai comparar tecnologias e indicar as mais adequadas para instalação de usinas solares em cada região do Estado.

A Copel e Universidade Tecnológica Federal do Paraná – UTFPR inauguraram nesta segunda-feira (09) a rede de Estações de Pesquisa em Energia Solar, projeto que promete transformar o Estado em uma referência nesta área.

A rede é formada por estações solarimétricas e módulos de avaliação instalados nos câmpus da UTFPR em Curitiba, Ponta Grossa, Pato Branco, Medianeira, Campo Mourão e Cornélio Procópio. A solenidade de inauguração foi na planta do câmpus Curitiba da UTFPR – sede Neoville, na Cidade Industrial de Curitiba. Leia mais…


Homem do campo adere geração e consumo de energia renovável

Sistema fotovoltaico está cada vez mais próximo do pequeno produtor rural.

Aderindo à evolução tecnológica e buscando cada vez mais resultados no campo, o produtor rural de Ji-Paraná está fazendo a transição do uso de energia elétrica convencional para a renovável gerada por raios solares. A troca vem trazendo resultados favoráveis, assegurando melhor desempenho econômico e produtivo.

A principal razão da substituição do fornecimento de energia é o alto custo registrado nas faturas mensais, conforme o consumo anotado nos medidores. Com o sistema solar implantado na propriedade rural, a sobra de energia poderá ser cumulativa até cinco anos ou ser compartilhada a outro imóvel, desde que o mesmo esteja registrado no mesmo CPF. No tradicional modelo empregado, não há sobras e cada imóvel provoca a própria conta. Leia mais…


Energia solar será a principal fonte elétrica mundial até 2035

Um novo estudo divulgado pela Agência Internacional de Energia (International Energy Agency, ou IEA na sigla em inglês) prevê que a solar fotovoltaica está no caminho para se tornar a fonte energética número um do mundo até 2035.

Entretanto, embora o crescimento da energia solar e demais fontes de energia renováveis soe otimista, os responsáveis pelo estudo afirmam que ele não será suficiente para desbancar a geração por combustíveis fósseis. Leia mais…


Governo defende revisão de subsídios à energia solar

Subsídios a painéis solares fotovoitaicos, estabelecidos pela Resolução 482, de 2012, da Aneel, podem ser revistos; agência abriu consulta pública sobre o tema até o dia 30 de dezembro

Os subsídios para a instalação de painéis solares pelos consumidores de energia dividiram opiniões em audiência pública. Representantes do governo federal e da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) defenderam a revisão dos benefícios concedidos aos consumidores que investem em painéis para gerar ao menos uma parte da eletricidade que utilizam. Até 30 de dezembro, a agência reguladora está com uma consulta pública em aberto recebendo sugestões sobre o tema, que foi debatido nesta terça-feira (3) na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). A Aneel está revendo a Resolução Normativa 482/2012, editada em 2012, com uma série de incentivos para o crescimento do uso de energias limpas. Uma das alegações é de que há subsídios cruzados e regressivos que acabam por prejudicar principalmente os mais pobres. Leia mais…


Carregadores de celular com uso de energia solar são alternativa para longas viagens na Amazônia

Projeto desenvolvido por estudante amapaense será apresentado em feira de ciência e tecnologia no Pará. Objetivo é facilitar comunicação de comunidades do interior.

Théo Cezar Souza com protótipo dos carregadores usando energia solar — Foto: Fabiana Figueiredo/G1

Estudantes de escolas públicas do Amapá apresentam, a partir desta segunda-feira (2), trabalhos científicos na 10ª Mostra de Ciência e Tecnologia da Escola Açaí (MTCEA), uma das maiores feiras da Amazônia, realizado no Pará. Entre os projetos, está um carregador de celular que usa energia solar para garantir a carga em longas viagens de ônibus e embarcações. Leia mais…


Geração distribuída: Energia solar se destaca no Brasil

Do total da matriz energética brasileira, 1,2% é produzido através sistemas solares fotovoltaicos. Porém, ao que parece, isso irá mudar. Em 2012, mudanças nas regras do setor de energia deram um pouco mais de liberdade ao consumidor para escolher de onde vem a sua eletricidade. As normas permitiram ainda que o usuário transformasse a energia não consumida em um crédito para abater na conta de luz. Além disso, o valor da conta vem aumentando de forma significativa a cada ano. É por esses fatores que, atualmente, o interesse pela geração de energia solar vem crescendo. Leia mais…


MP aumenta o tom contra proposta de taxação da energia solar da Aneel

O Ministério Público, junto ao Tribunal de Contas da União (TCU), aumentou o tom contra a proposta da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) de tributar a energia solar.

Energia solar pode ficar inviável com taxação prevista pela Aneel

Segundo o procurador-geral Lucas Rocha Furtado, em ofício à ministra do TCU Ana Arraes, relatora do caso, a proposta é “prejudicial aos produtores e consumidores de energia solar fotovoltaica, podendo, em última instância, paralisar, imediatamente, novos investimentos no mercado especializado na produção dessa fonte de energia, com enormes prejuízos econômicos e sociais para o país”. Leia mais…


Geração distribuída: Energia solar se destaca no Brasil

Do total da matriz energética brasileira, 1,2% é produzido através sistemas solares fotovoltaicos. Porém, ao que parece, isso irá mudar. Em 2012, mudanças nas regras do setor de energia deram um pouco mais de liberdade ao consumidor para escolher de onde vem a sua eletricidade. As normas permitiram ainda que o usuário transformasse a energia não consumida em um crédito para abater na conta de luz. Além disso, o valor da conta vem aumentando de forma significativa a cada ano. É por esses fatores que, atualmente, o interesse pela geração de energia solar vem crescendo. Leia mais…


Energia solar pode ficar cara

A revisão da RN 482/2012 , proposta pela Aneel, pode tirar a competitividade dos sistemas de geração própria.

Alvaro Manzoni/Arquivo Pessoal

Ter um telhado para chamar de seu hoje não é só ter onde morar, mas sim a possibilidade de gerar sua própria energia elétrica a partir do sol – que responde por 90% da geração por fontes alternativas no Brasil. O restante é dividido entre Centrais de Geração Hidráulica (6%); Usinas Termelétricas por combustão fóssil ou biomassa e, com apenas 1%, a geração eólica. Leia mais…


Estudo mostra que taxar energia solar vai inibir investimentos

Resolução da Aneel prevê taxação de 60% no setor de geração distribuída solar fotovoltaica, dos consumidores que produzem eletricidade por meio de painéis.

(foto: Nico Chaves/Divulgação)

Taxar a energia solar pode inibir investimentos em Geração Distribuída (GD). A conclusão é de pesquisadores da Fundação Getulio Vargas (FGV), técnicos de entidades representativas do setor de energia solar, parlamentares e acadêmicos de relevância internacional. Os especialistas apresentaram, nesta quarta-feira (27/11), em Brasília, diferentes estudos que analisam a revisão da Resolução Normativa (REN) 482 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) que prevê taxar, em 60%, o setor de geração distribuída solar fotovoltaica. Leia mais…


Casa movida à energia solar reduzirá mais de R$ 4 mil anuais em conta de energia no Rio Grande do Sul

Com instalação da Elysia, residência é exemplo de sustentabilidade e cuidado com o meio ambiente, com energia 100% limpa

Uma residência, no bairro São Lucas, em Viamão, Rio Grande do Sul, está chamando a atenção devido a sua sustentabilidade e cuidado com o meio ambiente. A casa passou a contar com sistema fotovoltaico, utilizando como fonte a luminosidade do Sol para gerar sua própria energia de forma limpa e renovável. Além da contribuição com o meio ambiente, a previsão é que os moradores economizem, no período de um ano, R$ 4,2 mil na conta de luz – o que equivale a uma redução média mensal de R$ 350. Leia mais…


Energia fotovoltaica ganha força em SC com apoio do BRDE PCS

Além da preocupação em trabalhar com madeira de reflorestamento, a empresa deu mais um grande passo para o desenvolvimento sustentável | Foto EBC/Divulgação

Desde outubro, a cidade de São Bento do Sul, no Norte catarinense, conta com a maior usina autoprodutora de energia fotovoltaica do estado instalada em telhado de uma indústria. A realizadora desse marco é a Móveis Paulo, que atua há mais de 40 anos no setor, com negócios pelo mundo.

Além da preocupação em trabalhar com madeira de reflorestamento, a empresa deu mais um grande passo para o desenvolvimento sustentável, se tornando a maior usina autoprodutora de energia fotovoltaica em uma indústria. Leia mais…


Unidades prisionais de Minas serão movidas a energia solar

Parceria entre Cemig, Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) e a Fiemg pretende diminuir gastos com abastecimento energético em 50% até 2022

A Cemig vai investir R$ 8 milhões na geração de energia elétrica com matriz solar nas Associações de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac) em Minas Gerais. A implementação dos sistemas fotovoltaicos reduzirá gastos do Estado com energia em até 50% nas unidades até 2022.

A iniciativa é uma parceria entre o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), que gere o sistema das Apacs, a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) e a Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), por meio do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Leia mais…


Energia solar “livra” agricultor de conta de luz de R$ 5 mil

Roque Besen é produtor rural em Santa Helena, no Oeste do Paraná| Foto: Divulgação / LAR

Desde abril deste ano, quando instalou 342 placas de painéis solares em cima dos telhados de dois aviários no município de Santa Helena, no Oeste do Paraná, volta e meia o agricultor Roque Besen recebe a visita de vizinhos interessados em saber como funciona o sistema e, principalmente, a economia gerada dentro da propriedade. “É o futuro da zona rural, para quem trabalha com produção de suínos, de aves ou com horticultura. Não tem como dizer que não dá certo”, afirma Besen, que em julho recebeu o prêmio de melhor cooperado do setor de aves da cooperativa Lar Agroindustrial. Leia mais…


Projeto fotovoltaico traz economia de até 90%

Redução na energia é um alívio na conta de luz que varia muito com a presença de bandeiras de consumo. Com a economia, em poucos anos o investimento no projeto é pago.

Foto: Divulgação

A energia fotovoltaica – a popular energia solar – vem ganhando cada vez mais espaço nos condomínios brasileiros.  Segundo dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar) 75% dos projetos desenvolvidos no Brasil são para áreas residenciais. Além de ser uma energia limpa e focada na sustentabilidade, os projetos chamam a atenção por suprirem quase a totalidade do consumo de energia do condomínio. E os benefícios não param por aí. Leia mais…


ANEEL pretende tirar o direito do consumidor gerar energia solar na sua casa.

A Geração Solar Distribuída no Brasil Vive Déjà-vu Espanhol.

“Qual a escolha certa? Queimar petróleo para gerar energia ou permitir que a energia do Sol brilhe nos telhados do Brasil” — Foto: Divulgação

A Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL – Amplia sua campanha de mídia com engajamento visando descredenciar a energia solar. É inacreditável, mas o fato é que a ANEEL abandonou seus pilares de regular e fiscalizar as concessões em benefício da sociedade. Hoje a preocupação da agência está em agradar o lobby das concessionárias e divulgar em suas redes sociais ataques à livre iniciativa do cidadão que deseja gerar sua própria energia elétrica. Por outro lado, divulga, via seus diretores, a tal “segurança regulatória para captação de investimentos”. Mas segurança para quem? Para quais investidores? Talvez multinacionais ou concessionárias com péssima prestação de serviço ao consumidor, pois o fato é que, dia 15 de outubro, a agência apresentou proposta para acabar com a liberdade do consumidor para gerar sua própria energia, então concluímos que o único que não foi contemplado com a segurança regulatória foi o consumidor, elo mais fraco da cadeia. Leia mais…


Taxação de energia solar volta a ser criticada por deputados

Proposta pretende retirar incentivos para consumidores que geram a própria energia elétrica por meio do sistema fotovoltaico

Parlamentares de diferentes partidos tornaram a criticar, na Câmara dos Deputados, a proposta da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) de reduzir gradualmente os incentivos para consumidores que geram a própria energia elétrica em suas casas ou empresas com painéis solares. A proposta de revisão das regras da chamada geração distribuída está em consulta pública pela Aneel, que receberá as contribuições da sociedade até 30 de novembro. Leia mais…


Entenda a proposta da Aneel que quer taxar a geração de energia solar

Atualmente, o excedente de energia elétrica que o produtor rural consome e produz se transforma em crédito para ser usado no abatimento da conta de luz.

Muitas empresas e produtores rurais que passaram a investir em energia solar afirmam que a taxação gera insegurança jurídica. Foto: Felipe Götz

Uma proposta de mudança na resolução normativa 482 de 2012, da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) tem gerado polêmica no setor produtivo. Isso porque o órgão quer retirar alguns benefícios de quem gerava a própria energia, alegando que há custos, diferente de quando a medida foi implantada. Por outro lado, muitas empresas e produtores rurais que passaram a investir neste tipo de energia afirmam que a taxação gera insegurança jurídica, já que a Aneel prometeu previsibilidade por 25 anos e os investimentos foram de longo prazo. Confira abaixo as mudanças que a proposta pretende fazer! Leia mais…


Setor de energia pode reduzir poluição em até 80% com fontes renováveis

O uso de energia eólica e solar pode diminuir consideravelmente a poluição do setor até 2050, mas há desafios.

Usina solar em Campinas, no interior paulista: as fontes limpas de energia vêm ganhando espaço na agenda das empresas mais sustentáveis do país (Germano Lüders/EXAME)

Um novo estudo publicado no periódico científico Nature Communications analisou os benefícios da descarbonização do setor de energia, um dos setores que mais emitem poluentes na atmosfera atualmente. Os autores sugerem que a adoção de fontes renováveis de geração de energia podem reduzir em até 80% as emissões de carbono em 2050.

“A saúde humana sai ganhando com a redução de emissão de poluentes: ao mudarmos para fontes renováveis de produção de eletricidade, poderemos eliminar os efeitos negativos para a saúde humana em até 80%”, afirma, em nota, Gunnar Luderer, autor do estudo do Instituto Potsdam para Pesquisa do Impacto Climático. “Isso é, principalmente, por causa da redução de poluição do ar com queima de combustíveis. Fora isso, as cadeias de fornecimento para energias solares e eólicas são muito mais limpas do que a extração de combustíveis fósseis ou do que a produção de bioenergia”, escreveu Luderer. Leia mais…


Mudança de regras da energia solar na geração distribuída vai na contramão do mundo, diz ABSOLAR

(DINO)

As mudanças da regulamentação para a geração distribuída no Brasil, conforme proposta da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para vigorar já a partir do próximo ano, são prematuras e podem prejudicar os consumidores brasileiros interessados em gerar a sua própria de eletricidade a partir de fontes renováveis.

O alerta é feito pela Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR). Segundo a entidade, a proposta apresentada pelo regulador está desalinhada com as melhores práticas internacionais. A Califórnia (EUA), referência mundial nas regulamentações para o segmento, deu início ao processo de atualização de suas regras apenas quando atingiu a marca de 5% de participação da geração distribuída solar fotovoltaica no atendimento de demanda elétrica de suas distribuidoras. Ao atingir este patamar, o regulador estabeleceu que, quando injetar energia na rede, os consumidores com geração distribuída devem pagar US$ 0,02/kWh (R$ 0,08/kWh). Leia mais…


Bahia pode perder geração de 12 mil empregos no setor fotovoltaico com mudança da regulação

Representantes do setor pedem revisão da proposta em consulta pública aberta pela pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel)

A redução nos incentivos para consumidores que geram a sua própria energia pode afetar a criação de até 12 mil empregos só na Bahia, de acordo com o Panorama de Energias Renováveis, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE). Essa preocupação deve-se à consulta pública em andamento pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) sobre novas regras para a energia solar de geração distribuída (a partir de pequenas fontes). Leia mais…


Setor brasileiro de energia cumpre metas ambientais, avaliam especialistas

Durante Comissão Mista Permanente sobre Mudanças Climáticas, representantes do setor energético avaliaram que expansão do setor de energia no Brasil está alinhada com os compromissos de redução do aquecimento global

Representantes do setor energético, em audiência pública na Comissão Mista Permanente sobre Mudanças Climáticas (CMMC), avaliaram que os planos de expansão do setor de energia no Brasil estão alinhados com os compromissos assumidos pelo País para implantação do acordo de redução do aquecimento global.

O Brasil projeta para 2027 uma queda no uso dos derivados de petróleo e o aumento das fontes renováveis na matriz energética, com o uso de energia solar e eólica, biogás, gás industrial e os derivados da cana-de-açúcar, as quais atingirão quase 20% da matriz. Leia mais…


“Energia solar: verdades e mitos”

Saiba o que é verdade e o que é mito sobre a instalação e o uso de energia solar!

Instalação de sistemas fotovoltaicos podem gerar economia de até 95%| Foto: Mike Blake/Reuters.

A questão energética é um dos assuntos mais relevantes para o desenvolvimento sustentável no Brasil. Atualmente, a energia solar, gerada a partir de módulos fotovoltaicos, é considerada eficiente e uma das fontes mais limpas e renováveis do mundo.

O potencial brasileiro para a implantação deste tipo de tecnologia é fantástico, graças à alta insolação do país ao longo de todos os meses do ano. Leia mais…


Empresas e consumidores impulsionam energia solar no País

De 2016 para cá, potência instalada cresceu de 91,84 megawatts (MW) para 1,34 mil MW – salto de 1.359%- Capacidade equivale a quase uma Hidrelétrica de Porto Primavera, que demorou 19 anos para ficar pronta.

A grande economia na conta de luz tem atraído cada vez mais empresas e consumidores a adotarem sistema fotovoltaico para geração de energia solar. De 2016 para cá, o número de sistemas de energia solar saltou de 8,7 mil para 111 mil no País, um avanço de 1.181%. A potência instalada cresceu ainda mais, de 91,84 megawatts (MW) para 1,34 mil MW – salto de 1.359%. Essa capacidade equivale a quase uma Hidrelétrica de Porto Primavera, que demorou 19 anos para ficar pronta. Leia mais…


Taxação da energia solar gera polêmica

A proposta da Aneel será um dos pontos principais dos debates do congresso de geração distribuída, que começa hoje no Centro de Convenções.

Foto: Divulgação

Uma proposta da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) pretende realizar uma alocação de custos nas normas da geração distribuída. Com isso, o uso da energia solar fotovoltaica, por exemplo, pode passar a ser taxada. Esse será um dos assuntos debatidos durante o 4º Congresso Brasileiro de Geração Distribuída, que acontece hoje e amanhã, das 8h30 às 18h, no Centro de Convenções, em Olinda.

A Aneel sugere alterar as regras porque, nessa geração, mesmo que os consumidores gerem a própria energia elétrica, a rede da distribuidora é utilizada quando a produção é maior ou menor que o consumo. Assim, os custos de uso da rede são atualmente rateados pelos consumidores que não têm geração distribuída. No entanto, muitos representantes e gestores do setor não concordam com as mudanças propostas. Leia mais…


Estudo identifica profissionais do futuro no setor de energias renováveis

Principais empregos serão nas áreas de técnico em manutenção, operador de usina, instalador fotovoltaico e planejador energético

Fruto de uma parceria entre o Núcleo de Energia do Observatório da Indústria da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), o Observatório da Indústria e o Sebrae, foi lançado um estudo com o objetivo de prospectar quais seriam as áreas com maior inovação e os perfis profissionais a serem demandados pela expansão tecnológica nos próximos 20 anos na área de energia. No estudo, foram identificados 25 perfis profissionais do futuro no Ceará. Leia mais…


Como um sistema fotovoltaico pode reduzir os gastos com energia

Entenda como um sistema de geração de energia solar pode trazer vantagens estratégicas, econômicas e ambientais para sua casa ou empresa.

São muitos os benefícios que uma solução fotovoltaica pode trazer para residências e empresas de pequeno e médio porte. O avanço das tecnologias voltadas para energias renováveis, com destaque para a solar, tem dado mais independência aos consumidores, que além de sentirem a redução dos custos com energia elétrica, também podem garantir um abastecimento energético e de qualidade. Leia mais…


Hospital Bethesda em Santa Catarina ganha sistema fotovoltaico da Celesc

Trata-se do programa de eficiência energética da concessionária de energia

O Hospital Bethesda, em Joinville (SC), recebeu um novo sistema fotovoltaico de geração de energia como parte do programa de eficiência energética da Celesc. A instituição foi a primeira unidade hospitalar do estado a ter a implementação do sistema custeada pelo Programa de Eficiência Energética Celesc/Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica). Leia mais…


Energia solar tem aumento de 560% em pouco mais de dois anos no Brasil

Setor aposta na geração fotovoltaica para a redução de custos e empresa Solarprime de Niterói já instalou mais de 50 sistemas pela região do Rio de Janeiro.

Reprodução: Solarprime (JayPRO)

De acordo com o último levantamento da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o Brasil ultrapassou a marca histórica de 1 gigawatt de potência instalada em geração de energia distribuída.  Em apenas dois anos, o número de instalações de painéis solares teve um aumento de mais de 560%. O número que era de pouco mais de sete mil (7.400) saltou para 49 mil unidades em todo o Brasil. Leia mais…


Os 3 motivos de quem usa energia solar e nunca mais quer mudar

Se tem uma coisa que deixa a vida de qualquer pessoa economicamente mais rentável ― e com dinheiro sobrando no bolso no final do mês ―  é diminuir o custo de vida e os gastos com supérfluos.

Fácil falar, né?

A verdade é que os custos essenciais como moradia, transporte, celular, água e eletricidade estão entre os gastos que acabam consumindo até mais da metade do orçamento familiar. Leia mais…


Energia solar cai nas graças de empresas e consumidores

De 2016 para cá, o número de sistemas de energia solar saltou de 8,7 mil para 111 mil no país.

PAINEIS DE ENERGIA SOLAR INSTALADOS NO TOPO DE EDIFÍCIO DE APARTAMENTOS EM LOS ANGELES, NA CALIFÓRNIA (FOTO: MIKE BLAKE/REUTERS)

Desde fevereiro, 4 mil painéis solares instalados numa fazenda em Vassouras, no interior do Rio de Janeiro, geram energia para quatro lojas da Renner, na capital fluminense. O projeto, erguido a 120 quilômetros do local de consumo, tem reduzido em 13% a conta de luz das unidades e ajudado a varejista a alcançar a meta de chegar a 75% da energia consumida vinda de fontes renováveis. Até o fim do ano, duas novas usinas vão abastecer as lojas do Distrito Federal e Rio Grande do Sul. Leia mais…


Amazonas mira ser potência em energia solar

Na capital, mais de 300 residências e empresas já contam com o sistema de energia renovável e integrado com a tradicional matriz que é distribuída pela Amazonas Energia.

O 2º seminário de Energia Solar foi realizado no último dia 31 (Foto: Divulgação)

O 2º seminário de Energia Solar Fotovoltaica do Estado do Amazonas, realizado pelo Sebrae, no último dia 31, no Hotel Intercity Manaus, contou com a presença de mais de 200 pessoas que debateram os rumos do setor energético, a partir das perspectivas da sustentabilidade ambiental, econômica e social.

“Nós nos mobilizamos para atender um público empreendedor, que acredita e investe na energia fotovoltaica, que tem tudo para virar a página energética da região”, disse a diretora técnica do Sebrae, Adrianne Gonçalves. Leia mais…


Proposta da Aneel pode afetar geração de 12 mil empregos na Bahia

Proposta da Aneel pode afetar geração de 12 mil empregos na Bahia

\Desde que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), abriu consulta sobre novas regras para geração distribuída (GD), de solar fotovoltaica, com a proposta de reduzir os subsídios para os consumidores que geram sua própria energia, uma grande discussão se instalou no país e, na Bahia, não foi diferente. Nos últimos 12 meses no Estado, a potência instalada em GD alcançou um crescimento de aproximadamente 148% e as novas regras seriam uma regressão para o segmento, que está em plena ascensão. No Panorama de Energias Renováveis deste mês, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) alerta que o estado pode deixar de criar 12 mil postos de trabalho caso a agência federal concretize a nova taxação. Leia mais…


Instalações de painéis de energia solar triplicam no Paraná em 2019

Segundo Copel, foram registrados mais de 7,7 mil novos sistemas fotovoltaicos em todo o estado entre janeiro e outubro.

Consumidores afirmam que investimento em sistemas de energia solar se paga com economia na conta de luz. — Foto: Reprodução/RPC

As instalações de painéis de energia solar no Paraná triplicaram em 2019, de acordo com a Companhia Paranaense de Energia (Copel).

De acordo com a companhia, foram instalados sistemas fotovoltaicos em mais de 7,7 mil unidades consumidoras de todo o estado entre janeiro e outubro de 2019. Ao longo de todo o ano de 2018, foram cerca de 2,6 mil instalações. Leia mais…


Pequenas usinas solares vão impulsionar crescimento das energias renováveis até 2024

Segundo o relatório “Renováveis 2019”, da Agência Internacional de Energia (AIE), capacidade das energias renováveis no mundo dobrará até 2024

As energias renováveis dobrarão sua capacidade mundial até 2024, impulsionadas, principalmente, por pequenas unidades solares, embora ainda serão insuficientes para substituir as energias fósseis. Os dados são do relatório “Renováveis 2019” da Agência Internacional de Energia (AIE). Leia mais…


Energia solar é alternativa para gargalos de eficiência e sustentabilidade na logística

(Dino)

A logística no Brasil vive um momento em que eficiência é a palavra de ordem. Levantamento da Confederação Nacional do Transporte (CNT) projeta que, em 2020, o investimento público no setor em deve ser o menor em 16 anos. Assim, organizações do ramo têm apertado os cintos e implementado tecnologias que permitam redução nos custos e ampliação da margem para novos investimentos. É o caso da energia solar. Leia mais…


Nova telha solar fotovoltaica brasileira é alternativa às placas solares

O Brasil dá outra vez cartas no plano energético, aliando inovação à tecnologia, o que resulta em sustentabilidade. Green Tile apresentou a sua primeira telha solar fotovoltaica.

Uma empresa gaúcha lançou a Green Tile, a primeira telha fotovoltaica do Brasil.

Alguns países desenvolvidos como Estados Unidos, Alemanha, Itália, China ou Japão já têm acesso à tecnologia solar fotovoltaica há alguns anos e o Brasil com o seu grande potencial começa a investir neste mercado.

Graças ao seu clima com um grande número de dias com sol durante o ano, cada vez mais existem pesquisas e investimentos na área energética que aumentam a olhos vistos e  além da vantagem financeira, de mais de 90% na conta de eletricidade, a produção desta energia não produz resíduos que causam danos ao ambiente. Alem de tudo, a energia do sol está sempre disponível, é limpa e natural. Leia mais…


Oxford Mineração tem sistema de geração solar fotovoltaica da região do Planalto Norte

Empresa abriga 1.024 módulos fotovoltaicos monocristalinos, com capacidade instalada alcança 348 kWp, na cidade de Campo Alegre, em Santa Catarina

O maior sistema de geração solar fotovoltaica da região do Planalto Norte está instalado na usina de beneficiamento de argila da empresa Oxford Mineração, na cidade de Campo Alegre, em Santa Catarina. O empreendimento é formado por um conjunto de 1.024 módulos fotovoltaicos monocristalinos, com capacidade instalada alcança 348 kWp. Leia mais…


Através de energia solar, prefeitura tem quase 90% de economia na conta de luz

Sede da Prefeitura de Dois Irmãos(FOTO: Divulgação Assessoria PMDI)

Com 160 painéis de energia solar instalado no Palácio 10 de Setembro, sede da Prefeitura de Dois Irmãos, desde dezembro de 2018, a economia chegou a quase de 90% mensal. Neste mês de outubro, o Município pagará R$ 853,80 de conta de luz, já no mesmo período do último ano pagou R$ 6.062,62, ou seja, uma economia de R$ 5.208,82 que representa 86%. Leia mais…


Bolsonaro critica proposta da Aneel de tributar energia solar: ‘Taxar o sol já vai para o deboche’

Para presidente, consumo deve ser estimulado. Agências têm superpoderes, às vezes mais do que o de ministros, diz.

Placas solares no Leme, Zona Sul do Rio Foto: Pedro Teixeira / Agência O Globo

O presidente Jair Bolsonaro criticou, durante visita à China, a proposta em estudo pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) de taxar a energia solar .

A agência pretende reduzir os subsídios para os consumidores que produzem sua própria eletricidade, o que ocorre principalmente por meio de painéis solares. Está em curso uma consulta pública para rever as regras da chamada geração distribuída. Leia mais…


Celesc entrega sistema fotovoltaico em hospital

O novo sistema fotovoltaico de geração de energia recém-instalado, através dos recursos provenientes do programa de eficiência energética da Celesc, foi oficialmente entregue na manhã desta segunda-feira (21) para o Hospital Bethesda, em Joinville. A instituição foi a primeira unidade hospitalar do estado a ter a implementação do sistema custeada pelo Programa de Eficiência Energética Celesc/Aneel. Leia mais…


Piratuba receberá maior complexo de produção de energia fotovoltaica do Estado

O anúncio foi feito nesta terça-feira (22), pelo empresário do setor de radiodifusão, Marcelo Corrêa Petrelli, Presidente Executivo do Grupo RIC Santa Catarina, que esteve reunido nas dependências da Prefeitura de Piratuba, com o prefeito Olmir Paulinho Benjamini – (Bile).

O projeto foi apresentado pela equipe de engenharia do Grupo RIC Santa Catarina, durante uma reunião com o Chefe do Executivo de Piratuba e equipes de diversos setores da administração do município. Leia mais…


Deputados criticam intenção da Aneel de taxar energia solar

Uma consulta pública com a revisão das regras para consumidores que geram a própria energia foi publicada pela agência.

Deputados discursaram no Plenário contra as mudanças

Deputados criticaram no Plenário a redução gradual de subsídios para consumidores que geram a própria energia elétrica em suas casas, geralmente com painéis solares. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) abriu consulta pública para rever as regras que tratam da chamada geração distribuída. As contribuições da sociedade serão recebidas pela agência até o dia 30 de novembro. Leia mais…


Parque Solar ocupa 545 hectares e emprega 400 piauienses

Crédito: Efrém Ribeiro

É como se o solo vermelho do semiárido do Piauí ficasse azul. Estão sendo instalados painéis solares policristalinos, ocupando uma área de 548 hectares do Complexo Solar Fotovoltaico, e cujos investimentos são da empresa Celeo Redes Brasil.

O projeto está sendo construído no município de São João do Piauí (467 km de Teresina), potência instalada de 223 MWp (Megawatts-pico), estimativa de produção de energia de 490.000 MWh/ano (Megawatts-hora-ano), ou seja, equivalente ao consumo médio anual para atendimento de energia elétrica de uma cidade com 240 mil residências. Leia mais…


Estacionamentos que colocarem placa solar podem ter isenção no IPTU

Os vereadores Thiago K. Ribeiro (MDB) e Petra (PDT) apresentaram o Projeto de Lei Nº 1562/2019, que pode ajudar a aumentar o uso de energia limpa no Rio de Janeiro. Se aprovada a proposta, estacionamentos do Rio que instalarem painéis fotovoltaicos sobre as vagas de veículos, ficarão isentos de acréscimo de pagamento do IPTU da cobrança de taxas de Mais Valia e Mais Valerá sobre as estruturas de suporte de placas fotovoltaicas como fonte de energia. Leia mais…


O uso da energia solar pode reduzir o maior gasto das universidades

“As universidades federais têm a responsabilidade de, em parceria com instituições públicas e privadas, tornar as tecnologias acessíveis à população”

“A elaboração conjunta de um projeto para o incremento de fontes de energia renováveis inclui a instalação, nas universidades, de usinas de geração fotovoltaica”
Ronaldo Bernardi / Agencia RBS

Reitores de universidades federais do Rio Grande do Sul foram, no dia 24 de setembro, a Brasília para solicitar a deputados gaúchos que apresentem propostas de Emenda Parlamentar de Bancada definidas pelas Instituições Federais de Ensino Superior (IFES) do estado, visando a investimentos na área de eficiência energética.

A elaboração conjunta de um projeto para o incremento de fontes de energia renováveis inclui a instalação, nas universidades, de usinas de geração fotovoltaica. Essas usinas servem a diferentes fins, sendo o mais relevante a produção de energia elétrica limpa e barata, levando à redução de custo no item que representa hoje o maior gasto para as universidades. Tal tecnologia está acessível até mesmo ao consumidor individual; nas universidades, porém, esses projetos também têm objetivos estratégicos, como utilizar o aprendizado oriundo dos cursos de Engenharia de Energia e de Gestão de Energia; aproveitar o conhecimento científico e tecnológico constituído por pesquisadores e produzir e aprimorar tecnologias e inovações voltadas ao melhor uso da energia solar. Leia mais…


Produção de energia vai sustentar alta na demanda

Até 2023, capacidade instalada da geração no Brasil vai subir para 96 GW.

Fontes. Oferta de energia solar vai aumentar no Brasil até 2023, indica estudo da MegaWhat Foto: Alsol/divulgação

A capacidade de geração do setor de energia brasileiro é mais do que suficiente para suprir a demanda de produção nacional até 2023. Mesmo que o crescimento anual previsto do Produto Interno Bruto (PIB) fique até 2,5 pontos percentuais acima do projetado para os próximos anos, há “folga” entre o que o país consome e o que produz de energia. Segundo o último relatório Focus, do Banco Central (BC), o avanço do PIB previsto para 2019 é de 0,87%. Leia mais…


Órgãos públicos do PR investem em energia solar e projetam economia de milhões

“Celepar conta desde o ano passado com uma usina que abastece todo o órgão, economizando mais de R$ 60 mil.| Foto: Celepar/ Divulgação”

“O sol não é apenas fonte de vitamina D e o companheiro ideal para um dia na praia ou na piscina. É um importante gerador de energia elétrica, com uma série de vantagens a seu favor: energia limpa e renovável, a baixo custo e a partir de uma fonte inesgotável. Mesmo assim, esse segmento ainda é pouco explorado no Brasil. Segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), essa fonte corresponde a apenas 1,3% da matriz elétrica do país, atrás da energia hídrica, eólica, de biomassa, gás natural, petróleo e carvão mineral.” Leia mais…


Energia solar é protagonista da transição energética no Brasil

Fonte fotovoltaica é responsável por mais de 99,6% de todos os sistemas na modalidade de geração distribuída no País

A transição energética global tem mudado a forma de gerar e consumir energia, com profundas transformações no setor elétrico e implicações políticas, econômicas e sociais para a humanidade. Embora a matriz elétrica brasileira seja predominantemente renovável, com forte base hidrelétrica, a ampliação da capacidade de geração se dará com importante contribuição da fonte eólica e, em especial, da fonte solar fotovoltaica. Leia mais…


Energia solar é nova aposta do segmento de seguros

Ofertas para esse segmento cresce exponencialmente no País

A crescente diversificação da matriz energética nacional, com a presença cada vez mais forte da fonte solar e eólica, tem gerado novas oportunidades de negócios para vários setores da economia, como é o caso da área de seguros, que visualizou no segmento de energia elétrica a oportunidade para ampliar e oferecer produtos. Leia mais…


Como a energia solar pode ajudar sua empresa

Por meio do modelo de geração distribuída, empresas conseguem gerar sua própria energia de forma limpa e sustentável e ainda reduzir custos.

Altos custos e preocupação com a disponibilidade da eletricidade no longo prazo têm feito muitas companhias produzirem sua própria energia (Marisvector/iStockphoto)

O Brasil ultrapassou a marca histórica de 1 gigawatt de potência instalada em geração distribuída, segundo levantamento da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). O dado mostra que os consumidores estão cada vez mais preocupados em produzir eletricidade a partir de fontes renováveis, como a energia solar. Não é diferente com as empresas. Os altos custos e a preocupação com a disponibilidade do recurso no longo prazo têm feito muitas companhias buscarem soluções para gerar sua própria energia. Leia mais…


Aumenta demanda por financiamento de energia solar

Com os preços em queda e com cada vez mais linhas de financiamento, o futuro da energia solar é próspero.

Imagem créditos: Divulgação/Agraer

Vem crescendo bastante o investimento em energia solar no país e mais ainda na região Nordeste, onde uma média anual de 5.52 KWh/m2 – dia, garante o maior nível de irradiação solar do Brasil. De acordo com a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), os investimentos na geração dessa energia renovável já passam de R$ 15 bilhões, considerando projetos de geração centralizada e de geração distribuída. Em paralelo, também desponta em perspectiva ascendente os financiamentos para pessoas físicas e jurídicas. Somente o sistema Sicredi financiou em 2018, R$ 232 milhões em 2,7 mil operações de compra de equipamentos de energia solar em todo Brasil. A quantidade é cerca de oito vezes superior ao registrado no ano anterior pela instituição financeira cooperativa, que tem quatro milhões de associados ao redor do mundo. Leia mais…


Como a energia fotovoltaica funciona?

por Eduardo Souza

Antes restrita a estações espaciais e satélites, a energia fotovoltaica vem ganhando espaço e tornando-se uma opção cada vez mais viável. Diariamente, o sol libera uma enorme quantidade de energia no planeta Terra, muito mais do que toda a população consome. Deixar de aproveitar essa fonte sustentável, renovável e inesgotável para gerar energia elétrica é quase um contra senso, sobretudo se levarmos em conta todo o impacto ambiental e social das outras formas de geração de energia. Mas a tecnologia para criar energia elétrica a partir do sol não é tão simples e ainda apresenta algumas pequenas limitações, sobretudo de preço. A ideia desse artigo é explicar alguns conceitos básicos sobre o processo e evidenciar o que é importante levar em conta ao projetar um sistema solar. Leia mais…


Cresce procura por energia solar fotovoltaica no Brasil

Número de instalações nos seis primeiros meses de 2019 já equivale ao total de projetos realizados em todo o ano passado

O primeiro semestre deste ano foi suficiente para que as instalações de sistemas fotovoltaicos no Brasil atingissem 90,77% do total instalado em 2018, de acordo com dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que controla o segmento de geração distribuída, que foi criado em 2012 através de sua Resolução Normativa 482. Leia mais…


Energia eólica na Europa pode crescer 65% por ano até 2023

Capacidade pode chegar a 28 gigawatts até 2023 em relação aos 17 gigawatts em 2017 (Imagem: Reuters/Paulo Whitaker)

As instalações de energia eólica na Europa devem crescer cerca de 65% por ano até 2023 com a redução dos custos de montagem das turbinas, segundo uma associação do setor.

A capacidade pode chegar a 28 gigawatts até 2023 em relação aos 17 gigawatts em 2017, segundo a WindEurope. O setor mostrou expansão de 36% desde 2013 e, com o crescimento nos próximos anos, os investimentos acumulados vão totalizar 208 bilhões de euros no período (US$ 228 bilhões), informou o grupo. Leia mais…


Agricultores familiares investem em energia solar para baixar o custo da produção

A conta que era de R$442,20 será de apenas R$16,50 por mês com o sistema gerador fotovoltaico

Os produtores rurais Edemir Elly e sua esposa, Marlenita Terezinha Zottis Elly, proprietários de uma área de 10 mil metros quadrados na Comunidade Nossa Senhora de Fátima, município de Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá), implantaram este ano um sistema gerador fotovoltaico para baixar o custo com a energia elétrica. A médica veterinária da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Natasha Caminha, fala que este é o terceiro projeto de energia solar implantado no município com o apoio da Empaer. Leia mais…


Joinville Esporte Clube aposta na instalação de painéis solares para economia de energia

Agremiação espera uma redução de cerca de R$ 2,5 mil ao mês na conta de energia com o sistema instaladp no Centro de Treinamentos do Morro do Meio

A Topsun WEG, referência no segmento de energia solar e uma das maiores integradoras WEG, está no processo de instalação de 116 painéis de captação de energia solar fotovoltaica no Centro de Treinamentos do Morro do Meio, no Joinville Esporte Clube (JEC) em Santa Catarina.

Além do uso inteligente dos recursos naturais, o JEC irá reduzir em cerca de R$ 2,5 mil os custos de conta de luz por mês. No verão, a economia é estimada em R$ 3,5 mil mensais, podendo chegar a R$ 5 mil. Leia mais…


Painel solar transforma água do mar em potável

Aparelho gera simultaneamente eletricidade e água usando apenas energia renovável

Pesquisadores da Universidade de Ciência e Tecnologia Rei Abdullah, na Arábia Saudita, desenvolveram um aparelho multifuncional capaz de capturar o calor presente nos painéis solares fotovoltaicos, expostos ao Sol, para dessalinizar a água do mar, gerando água potável. Dessa maneira, o aparelho gera simultaneamente eletricidade e água usando apenas energia renovável. Leia mais…


O local onde a maioria das casas é movida a energia solar

A pequena ilha de Gapado, na Coreia do Sul, é abundante em energia renovável. A província de Jeju pretende seguir seus passos e se tornar um paraíso ‘zero carbono’.

Gapado é lar de turbinas eólicas, enquanto boa parte das casas é movida à energia solar (Foto: Yonhap)

A província de Jeju, na Coreia do Sul, precisa encontrar uma solução de energia sustentável para garantir um futuro próspero. Uma pequena ilha ao largo da costa pode fornecer um plano. É uma hipótese atualmente sendo testada em Gapado, um pedaço de terra na costa sul da Coréia do Sul.

Com menos de 200 residentes em menos de 1 km², duas turbinas eólicas já garantem que grande parte da energia da comunidade é renovável e uma grande proporção das casas é movida a energia solar. A ilha produz mais energia do que consome e armazena o excesso em uma grade independente. Leia mais…


Catarinense é premiada na 36ª Conferência e Exposição Energia Solar Fotovoltaica Europeia

Kathlen (D) com Florence Lambert (E), presidente da 36ª Conferência e Exposição Energia Solar Fotovoltaica Europeia (EU PVSEC 2019) (Foto: Divulgação)

Kathlen Schneider, bolsista da Fundação Stemmer para Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação, foi uma das seis estudantes premiadas na 36ª Conferência e Exposição Energia Solar Fotovoltaica Europeia 2019, que ocorreu em Marseille, na França.

O reconhecimento foi através de seu artigo sobre geração de energia solarfotovoltaica compartilhada no modelo cooperativista do Brasil. O artigo foi redigido em conjunto com Johanna Fink, Camila Japp, Paula Scheidt Manoel, Marco Olívio Morato de Oliveira e Ricardo Rüther. Também foram premiados pesquisadores da França, Holanda e Alemanha. Leia mais…


Bolsonaro pretende instalar usinas solares em órgãos públicos

Medida faz parte dos projetos para redução de gastos com eletricidade no setor federal

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) anunciou em seu Instagram que vai instalar microusinas fotovoltaicas nos prédios anexos à Explanada dos Ministérios, em Brasília, como parte dos projetos para redução de gastos de energia no setor público. A postagem diz que a revisão de contratos e geração de energia solar pode diminuir custos em até 90%. Leia mais…


Projeto Ibérico procura secar resíduos urbanos com energia solar

Investigadores portugueses e espanhóis estão desenvolver métodos para a aplicação da energia solar na secagem de lixos urbanos e de lamas das estações de tratamento de águas residuais, através do projeto SECASOL, financiado por fundos comunitários.

© iStock

O projeto envolve quatro entidades portuguesas e três espanholas, com um valor de quase 800 mil euros, e é financiado em 75% pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), ao abrigo do Programa Europeu de Cooperação Transfronteiriça VA Espanha-Portugal (POCTEP).

Em declarações à agência Lusa, David Loureiro, coordenador do projeto em Portugal e investigador do Laboratório Nacional de Energia e Geologia (LNEG), indicou que o projeto “procura encontrar uma solução para melhorar a eficiência energética no uso da energia solar no tratamento destes resíduos”. Leia mais…


Geração de energia solar residencial cresce 90% em Ribeirão Preto

Em 2018, haviam 217 residências com o sistema instalado; neste ano, número subiu para 414.

Em 2019, 197 novas casas receberem conexões de energia solar na cidade

Atualmente, Ribeirão Preto tem 414 casas que usam a energia solar por meio de painéis fotovoltaicos, de acordo com dados disponibilizados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Estes números foram retirados da última contagem feita pela agência, no dia 26 de setembro de 2019, e mostram um aumento de 90% em relação ao total de unidades residenciais que tinham o sistema em 2018. Só neste ano, 197 novas casas receberam essas conexões na cidade. Leia mais…


Bombeiros Voluntários de Joinville concluem instalação de painéis para gerar energia solar

Foto Divulgação

O Corpo de Bombeiros Voluntários de Joinville (CBVJ) cumpriu nova etapa do projeto de sustentabilidade ambiental com a conclusão da instalação dos painéis de captação de energia solar.

O sistema composto por 273 módulos corresponde a R$ 266,5 mil, investimento feito pela Associação Empresarial de Joinville (ACIJ). Leia mais…


Balneário Camboriú terá parquímetros movidos a energia solar

Na primeira fase serão instaladas 50 máquinas com previsão de funcionamento em outubro

A cidade de Balneário Camboriú, em Santa Catarina, terá parquímetros do novo sistema de estacionamento rotativo da cidade totalmente movidos à energia solar. Nessa primeira fase da zona azul do município, serão instaladas aproximadamente 50 máquinas, com capacidade para atender 1000 vagas. Os equipamentos estão em fase de instalação e a ideia é que entrem em operação em outubro. Leia mais…


Brasileiros buscam energia solar para fugir dos aumentos tarifários de energia elétrica

Para investir em energia solar, há diversos financiamentos disponíveis no mercado.

As temidas bandeiras tarifárias, criadas pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), surgiram com o objetivo de alertar o consumidor sobre o consumo de energia gerada dentro de sua residência ou comércio. As cores servem para sinalizar o custo real dos quillowatts-hora consumidos e desde agosto o consumidor recebe as contas com classificação: bandeira vermelha, patamar 1, que indica um aumento de R$ 4 para cada 100 quillowatts-hora consumidos. Leia mais…


Google aumenta investimento e vai gerar mais energia renovável do que o Uruguai consome em um ano

Empresa anunciou compra de 1.600 megawatts em 18 novos acordos na área de energia limpa.

GOOGLE ANUNCIA A MAIOR COMPRA CORPORATIVA DE ENERGIAS RENOVÁVEIS DA HISTÓRIA (FOTO: DIVULGAÇÃO GOOGLE BLOG)

O Google anunciou nesta quinta-feira (19/09) uma compra de energia renováveis — segundo a empresa, esta é a maior aquisição corporativa do tipo já realizada na história. A gigante da tecnologia afirma ser um passo importante para ampliar a sustentabilidade.

O pacote inclui contratos de 1.600 megawatts e 18 novos acordos na área de energia. “Juntas, essas operações aumentam em quase 50% nossa carteira global de fazendas de energia solar e eólica, atingindo mais de 5.000 megawatts”, afirma o comunicado. Leia mais…


As 7 etapas para a instalação de um sistema de energia solar

Ilustração. Foto: Divulgação

Economizar até 95% no valor da conta de luz, valorizar o imóvel e ainda ficar livre dos aumentos na energia por mais de 25 anos.

São muitas as vantagens em se gerar a própria energia solar e que puxam o número de sistemas fotovoltaicos a cada ano mais no Brasil.

Foram 51.262 conexões até agosto deste ano e um total de mais de 110 mil sistemas desde 2012, ano em que a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) criou as regras que permitiram a geração pelos próprios consumidores. Leia mais…


Adotar energia solar é opção para reduzir custos

Retorno do investimento ocorre em cinco anos, dizem especialistas.

FOTO: WELLINGTON ROCHA/PORTALNOAR

Adotar uma fonte de energia limpa e sustentável, preservar os recursos naturais com baixo impacto ambiental, obter financiamento e, ainda por cima, economizar na conta mensal de luz em médio prazo. Esses são alguns dos argumentos para empresários e consumidores domésticos trocar o sistema de fornecimento tradicional de energia para o sistema solar. Esse tipo de fonte energética tem avançado no Rio Grande do Norte. Hoje, o estado já possui mais de 1.300 edificações com sistemas solares já conectados à rede. A potência de geração distribuída cresceu de 21 MW para 23,4 MW de agosto para setembro segundo a Associação Brasileira de Energia Fotovoltaica (ABSolar). E os especialistas consideram, a substituição vale a pena. Leia mais…


Fazenda disponibiliza cadastro para consumidores de energia elétrica com isenção

A Secretaria da Fazenda de Santa Catarina (SEF/SC) disponibilizou, nesta semana, o acesso para cadastramento dos consumidores de energia elétrica classificados como micro e minigeradores, que têm direito à isenção de ICMS. A medida, regulamentada pelo Decreto 233/2019, dispensa o pagamento de impostos para a geração de eletricidade distribuída em centrais com capacidade instalada de até 1 MW (um megawatt). Leia mais…


Agricultura sob painéis solares economiza água e gera energia

(Reprodução/Som Energia via VisualHunt)

Tornar a agricultura tão resiliente quanto possível é extremamente necessário, sobretudo em lugares que sofrem com altas temperaturas e períodos de seca. Mas como fazer isso? Unindo o cultivo a energias renováveis, como a solar. “Muitos de nós querem mais energia renovável, mas onde tantos painéis solares serão colocados? À medida que as instalações solares crescem, elas tendem a estar nos entornos das cidades, e é historicamente onde já cultivamos nossos alimentos”, afirma Greg Barron-Gafford, professor associado da Escola de Geografia e Desenvolvimento da Universidade de Arizona e principal autor do artigo em Nature Sustainability. Leia mais…


Produção de frutas finas utiliza sistema de energia solar e tem economia em SC

Agroindústria de Itá investiu em um sistema solar fotovoltaico e reduziu a conta de energia elétrica em 90%.

Produção de frutas finas utiliza sistema de energia solar em SC — Foto: Mauro Veraso/Engie

O custo alto da energia elétrica no Brasil e os preços cada vez mais competitivos dos equipamentos solares explicam a multiplicação de novos projetos pelo país. Um exemplo em Santa Catarina é o investimento feito por uma agroindústria em Itá, no Oeste do estado.

A empresa apostou em um sistema solar fotovoltaico na produção de frutas finas. A propriedade produz mirtilo, amora e framboesa, frutas conhecidas como antioxidantes, desde 2012. Leia mais…


Energia solar no foco do Banco do Brasil

Depois de adotar abastecimento com fonte limpa das agências de Minas Gerais, banco leva projeto ao Distrito Federal, Pará e Goiás. Até o fim do ano, devem ser licitados São Paulo, Ceará e Bahia.

Construção da fazenda de energia solar de Porteirinha, em Minas Gerais, que começa a operar em dezembro próximo
(foto: Divulgação)

Até o fim do ano, o Banco do Brasil poderá ter ultrapassado os 10% de agências com contratos firmados para o abastecimento com energia solar. Na semana passada, saíram os vencedores das licitações de mais três projetos. Com isso, passará a ter agências abastecidas por energia solar no Distrito Federal (30 unidades), Pará (39) e Goiás (mais 39). Agora, o prazo estimado para a homologação do processo é de 120 dias, contados a partir da fase de habilitação documental. Somando-se as agências mineiras, da primeira fase, são 296 até agora. Leia mais…


Uma solução econômica e renovável para a sua casa

SC aprovou isenção de ICMS para micro e minigeração distribuída que gerem até um megawatt.

Por Redação Engeplus

Uma ótima notícia para quem deseja gerar a sua própria energia elétrica, se livrar dos constantes aumentos das tarifas de energia e investir o seu dinheiro: Santa Catarina aprovou o projeto que concede isenção de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) para micro e minigeração distribuída que gerem até um megawatt. Leia mais…


Discussão sobre redução de subsídio cria boom no setor de energia solar

Pequenos geradores aceleram projetos e movimentam hoje R$ 5,6 bi em novos investimentos.

Placas solares instaladas no Centro de Inovação da cervejaria Ambev, localizado no Parque Tecnológico da UFRJ, no Rio; Instalação foi feita pela Enel. – Divulgação

Diante da perspectiva de mudanças legais, empresas costumam suspender investimentos à espera da uma definição. No caso da geração de energia solar está ocorrendo o inverso.

A mudança nas regras em discussão na Aneel (agência reguladora do setor) impulsiona um boom de investimentos —especificamente na chamada geração distribuída. Leia mais…


Energia caiu de R$ 50 mil para taxa mínima com placas solares, diz empresário

Projeto teve início neste mês e já abastece todas as 30 lojas do grupo. Gestor da Solar Energy fala que formato é inovador e com economia de 95%.

Divulgação

Foi em uma reunião do conselho que o grupo definitivamente decidiu: vamos instalar placas solares. A discussão teve início em 2017, continuou em 2018 e amadureceu em 2019, quando a empresa contratou a Solar Energy e viu nascer o projeto que trouxe abundante economia.

“Nós iniciamos o projeto em fevereiro, na propriedade que fica entre Jaraguari e Campo Grande, local conhecido como “CIDADE SOLAR”. A Solar Energy projetou a geração de energia necessária para nossas 30 unidades. A conta, que pagávamos em torno de R$ 50 mil mensais, passou para a taxa mínima, de R$ 2 mil”, afirmou ao G1 o diretor do grupo ValeBrum, Nelson Brum. Leia mais…


Energia solar: economia de até 95% na conta de luz

A geração de energia solar pode ser um grande diferencial para empresas de todos os portes e até residências. A produção da própria eletricidade é uma forma de reduzir custos, além de alinhar o negócio com boas práticas ambientais.

Responsável pela Install Redes, o técnico Antonio Carlos Pereira explica que a energia solar é gerada por meio da captação de raios solares por módulos instalados estrategicamente para estarem expostos durante o maior período possível. “Este sistema é conectado à rede elétrica e a energia gerada é compartilhada com a concessionária. Quando esta produção excede o consumo do imóvel, ela é devolvida para a rede e é utilizada por outros consumidores, já que o sistema não conta com dispositivos para estocagem”, afirmou acrescentando que posteriormente, o excedente volta ao proprietário do sistema em forma de créditos para utilização nos meses seguintes. Leia mais…


Alternativa às placas solares, telha fotovoltaica brasileira pode ser solução em padrão estético e economia para residências

Foto: Fernando Verch/Green Tile / DINO

A tecnologia, aliada às boas ideias, pode trazer excelentes resultados em benefício da sustentabilidade. Prova disso é a novidade que uma empresa gaúcha, especializada em injetados plásticos para diversos setores da indústria e comércio, acaba de lançar: a primeira telha fotovoltaica do Brasil, chamada de Green Tile.

Países como a Alemanha, Estados Unidos, China, Itália e Japão já utilizam a tecnologia fotovoltaica em larga escala, há bastante tempo. No Brasil existe um potencial gigantesco, em razão dos dias ensolarados que ocorrem o ano inteiro. Cada vez mais, os estudos e investimentos nessa área estão aumentando e hoje sabemos que, além da vantagem econômica, de até 95% na conta de luz, sua produção não gera resíduos que causem danos à natureza. Pode-se ainda considerar a energia solar como renovável, pois é uma fonte natural, limpa e que está sempre disponível. Leia mais…


A Energia Fotovoltaica no Brasil

No momento em que a economia brasileira ainda ensaia uma expansão, o setor de energia solar fotovoltaica é extremamente importante e estratégico para o desenvolvimento do Brasil. Com alto potencial de complementar a matriz energética nacional, a fonte solar fotovoltaica promete alavancar diversos setores da economia, recebendo cada vez mais investimentos para seu crescimento e sua democratização, além de ser reconhecidamente a maior fonte de energia renovável geradora de emprego no mundo. Leia mais…


USINA DE GERAÇÃO DE ENERGIA SOLAR DEVE SUPRIR 70% DO CONSUMO DA CÂMARA DE ITAJAÍ

Serão instaladas 526 placas fotovoltaicas em parte do estacionamento e telhado.

Foto: Davi Spuldaro / CVI

A Câmara de Vereadores de Itajaí assinou nesta terça-feira (10) a ordem de serviço para a implantação de uma usina de geração de energia solar. Serão instaladas 526 placas fotovoltaicas em parte do telhado do prédio e do estacionamento. O sistema deve suprir, em média, 70% do que o Legislativo consome. Leia mais…


Microgeração de energia sem ICMS em Santa Catarina

Os investimentos de famílias, empresas e entidades catarinenses em minigeração e microgeração de energia distribuída estão isentos de ICMS desde o dia 30 de agosto. Enfim, o governo do Estado publicou o decreto número 233 que oficializa a entrada em vigor da isenção de ICMS para pequenos sistemas de energia solar, eólica, hidrelétricas e térmicas que geram até 1 MW. Leia mais…


Brasil é o terceiro maior empregador na cadeia de energia limpa

Juntos, aquecimento solar de água e energia solar fotovoltaica empregaram mais de 55 mil pessoas em 2018

O Brasil foi o terceiro maior empregador na cadeia de produção de energias renováveis no mundo em 2018, com 1,12 milhão de trabalhadores. Desse total, segundo a sexta edição do relatório Renewable Energy and Jobs da Irena, o aquecimento solar de água empregou, no ano passado, 41 mil pessoas no País, e a cadeia de energia solar fotovoltaica, mais de 15 mil pessoas. Leia mais…


Sustentabilidade impulsiona vendas de placas solares no mercado

Mais do que nunca a sociedade vem se aliando às causas sustentáveis. De acordo com a pesquisa Akatu 2018, na qual analisa o panorama de consumo consciente no Brasil, em seis anos, o número de consumidores brasileiros que comprou produtos feitos com material reciclado saltou de 29% para 48%. Os que adquiriram alimentos orgânicos cresceu de 23% para 48%. Junto com o aumento da aceitação de produtos de origem sustentável, o número de novos consumidores foi o que mais teve crescimento: passou de 32% para 38%. Leia mais…


Eternit lança telha de energia solar e diz que superou amianto

Fabricante de telhas sofreu com a proibição de sua principal matéria prima, mas tenta um recomeço ao lançar telha de energia solar.

Luís Augusto Barbosa, presidente da Eternit: empresa “abandonou 100%” o amianto (Eternit/Divulgação)

Há pouco mais de um ano, a fabricante de telhas Eternit pedia recuperação judicial e se via às voltas com a proibição do uso do amianto, substância cancerígena que usava em suas telhas.

Na semana passada, a empresa foi elogiada por um movimento que vai na contramão de seus problemas do passado. A Eternit apresentou na Feira Intersolar da América do Sul, maior feira sobre energia solar da região, uma telha fotovoltaica, isto é, capaz de transformar captação de luz em energia elétrica. Leia mais…


Energias renováveis quadruplicaram no mundo em 10 anos

Os 20 países que mais investiram em energias renováveis entre janeiro de 2010 e o fim de junho de 2019 – AFP

As energias renováveis viram sua capacidade de produção quadruplicar no mundo em 10 anos, embora isso não tenha impedido o crescimento das emissões do setor energético – aponta um relatório divulgado nesta quinta-feira (5) antes da cúpula climática da ONU.

Investimentos em energia eólica, biomassa, hidrelétrica e, sobretudo, solar atingiram nesta década mais de 2,5 trilhões de dólares, impulsionados pela queda nos custos, informa este relatório anual produzido pela Escola de Finanças e Administração de Frankfurt e Bloomberg New Energy Finance (BNEF) com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA). Leia mais…


Energia solar é usada para carregar celulares no Parque de Exposição

Dois painéis solares, que transformam a luz do sol em energia elétrica, estão viabilizando a prestação do serviço, que é gratuito.

Foto: Jorge Magalhães/Secom

Um totem instalado próximo ao escritório da Secretaria de Agricultura, no Parque de Exposição João Martins da Silva, está sendo usado pelos visitantes da 44ª Exposição Agropecuária de Feira de Santana, para carregar seus celulares.

Dois painéis solares, que transformam a luz do sol em energia elétrica, estão viabilizando a prestação do serviço, que é gratuito. As placas foram instaladas pela empresa Projeta. Leia mais…


Energia solar é vantagem para pequenos negócios no Brasil, mas esbarra em falta de informação

Painéis de uso comercial. Foto: EBC

Uma pesquisa inédita realizada no Brasil mostrou que a energia solar é uma solução ideal para micro e pequenas empresa brasileiras, mas a falta de conhecimento sobre a tecnologia e o mercado ainda é uma barreira a ser vencida.

Intitulado “Energia Solar Fotovoltaica e os Pequenos Negócios”, o estudo é fruto da parceria entre o Centro Sebrae de Sustentabilidade (CSS), a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR) e a Fundação Seade. Leia mais…


Energia solar garante internet, tratamento e dessalinização de água em vila ribeirinha no Amapá

Projeto de desenvolvimento sustentável atendeu comunidade de Franquinho, no arquipélago do Bailique. Iniciativa foi contemplada em edital de R$ 1 milhão.

Placas de energia solar instaladas na comunidade de Franquinho — Foto: Rafael Aleixo/Setec

Moradores da pequena comunidade ribeirinha de Franquinho, no arquipélago do Bailique, a 13 horas de barco de Macapá, concretizaram através de painéis solares um projeto de inclusão tecnológica e social iniciado há mais de 3 anos na região. A partir de agora, os cerca de 60 moradores têm tratamento de água e energia elétrica 24 horas em locais de comum acesso. Leia mais…


Com energia mais cara no campo, produtores investem em usinas próprias de geração de energia em MT

Tecnologias avançam a cada dia no campo e muitos sistemas implantados nas propriedades rurais precisam de energia elétrica.

Energia solar é alternativa para economizar — Foto: TVCA/Reprodução

A energia rural vai ficar mais cara em boa parte das propriedades do estado a partir do ano que vem, porque foram aprovadas as mudanças para as alíquotas de Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Pensando em economizar, muitos produtores estão investindo em usinas para a geração da própria energia nas propriedades. Leia mais…


Balneário Camboriú terá parquímetros operados por energia solar

Foto: Luiz Carlos Souza, Arquivo Pessoal

Os parquímetros que serão instalados em Balneário Camboriú, para reativar a Zona Azul, serão operados por energia solar. A Lapaza, empresa que venceu a licitação para instalação dos equipamentos, já fez a análise do índice de insolação em cada um dos pontos onde os equipamentos serão colocados.

Os parquímetros começam a ganhar as ruas no dia 9 de setembro. A previsão é que a Zona Azul seja reativada no início de outubro. Leia mais…


Energia solar é o mercado de fonte renovável que mais emprega no mundo

Tecnologia fotovoltaica responde por um terço do fluxo de trabalho no setor e empregou 11 milhões de pessoas em todo o mundo em 2018

O mercado de energia renovável empregou 11 milhões de pessoas em todo o mundo em 2018. Os dados são da International Renewable Energy Agency (IRENA). De acordo com a sexta edição do relatório Renewable Energy and Jobs, a energia solar continua como a principal empregadora entre as tecnologias de energia renovável, respondendo por um terço do fluxo de trabalho do setor. Leia mais…