Notícias

As notícias mais importantes e mais relevantes que encontramos sobre o universo da Energia Solar Fotovoltaica, além de tópicos sobre outras formas de Energias Renováveis e questões de Sustentabilidade.


Energias renováveis permitiram poupar 1,3 mil milhões de euros de importações de combustíveis fósseis.

As energias renováveis permitiram, em 2018, reduzir em seis milhões de toneladas as emissões de dióxido de carbono (CO2), face a 2017, resultando numa poupança de 1,3 mil milhões.

CARLOS BARROSO/LUSA

As energias renováveis permitiram, em 2018, reduzir em seis milhões de toneladas as emissões de dióxido de carbono (CO2), face a 2017, resultando numa poupança de 1,3 mil milhões de euros de importações de combustíveis fósseis.

Em comunicado conjunto hoje divulgado, a associação ambientalista ZERO e a Associação Portuguesa de Energias Renováveis (APREN), indicam que 2018 foi o ano em que se “bateram recordes”, acrescentando que em março do ano passado a produção renovável “foi suficiente para satisfazer o consumo total de eletricidade em Portugal Continental”, com especial contribuição das tecnologias eólica e hídrica. Leia mais…


Alemanha investe, e energia renovável alcança 40% no país

Os recursos renováveis superaram o carvão como principal fonte energética da Alemanha pela primeira vez no ano passado, representando pouco mais de 40% da geração de eletricidade, revelou uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira.

A guinada é um avanço no momento em que a maior economia da Europa almeja obter 65% de sua energia de recursos renováveis até 2030, mas também uma transição custosa para um país que decidiu descartar a energia nuclear até 2022, e traça planos para abandonar o uso do carvão no longo prazo. Leia mais…


A energia solar no meio rural cresce em Minas Gerais

As vantagens e benefícios derivados da energia solar fotovoltaica estão chamando a atenção de muitos produtores do meio rural em Minas Gerais. Os altos índices de irradiação solar no Estado tornam os investimentos bem atrativos, além disso, o retorno financeiro, conhecido como payback, vem em cerca de três anos. Os produtores rurais estão aproveitando que possuem espaço disponível nos galpões e realizando a instalação de painéis solares. Leia mais…


Preço dos painéis solares fotovoltaicos em queda, qual a razão?

Alguns investigadores do Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT) estiveram a analisar a tendência do preço da energia solar nas últimas quatro décadas e verificaram as causas da sua queda contínua.

Através de um relatório disponibilizado em novembro, os investigadores do MIT identificaram que o desenvolvimento e a pesquisa (P&D), bem como as melhorias na eficiência das células solares fotovoltaicas são os principais fatores que ajudaram a diminuir 99% dos custos. Leia mais…


PIS/PASEP financiando energia solar fotovoltaica em prédios públicos

O deputado Carlos Henrique Gaguim – DEM/TO protocolou na Câmara dos Deputados o PL 11229/2018, que destina parte dos recursos usados do PIS/PASEP e Fundo de Amparo do Trabalhador usado pelo BNDES para financiamentos que sejam usados para projetos de geração de energia elétrica de origem fotovoltaica em prédios públicos de munícipios com até 20 mil habitantes. Leia mais…


Uma nova tecnologia solar pode ser o próximo grande impulso para a energia renovável

Em todo o mundo, um grupo de empresas de Oxford, Inglaterra a Redwood City, Califórnia, está trabalhando para comercializar uma nova tecnologia solar que poderia impulsionar ainda mais a adoção da geração de energia renovável.

No início deste ano, a Oxford PV , uma startup trabalhando em conjunto com a Universidade de Oxford,  recebeu US $ 3 milhões do governo do Reino Unidopara desenvolver a tecnologia, que usa um novo tipo de material para fabricar células solares. Há dois dias, nos EUA, uma empresa chamada Swift Solar arrecadou US $ 7 milhões para levar a mesma tecnologia ao mercado, de acordo com um documento enviado à Securities and Exchange Commission. Leia mais…


IPTU Verde é mais economia para quem gera energia Solar

© 2016, MGAPress – Todos os direitos reservados Sobre Nós Nossos Clientes Cases de Sucesso Política de Privacidade Blog

Economizar até 95% na conta de luz pode ser a principal razão para quem, hoje, deseja gerar a própria energia elétrica no Brasil, mas poucos conhecem um incentivo já disponível e que traz ainda mais vantagem à aplicação da tecnologia: o IPTU Verde.

Trata-se do desconto percentual sobre o valor do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) para quem instala um gerador de energia solar fotovoltaica em sua residência, uma fonte limpa e sustentável de geração elétrica. Leia mais…


Mercado de franquias cresce e energia solar é destaque

Uma pesquisa divulgada recentemente pela Associação Brasileira de Franchising (ABF) mostrou que o setor de franchising brasileiro segue em franca expansão. Segundo os dados levantados, as franquias faturaram R$ 44,4 bilhões no terceiro trimestre deste ano, que compreende os meses de julho, agosto e setembro. Esse número representa um aumento de 6,3% em relação ao mesmo período do ano passado. Leia mais…


Nova tecnologia mantém painéis solares sempre limpos e reduz o custo com manutenção

É normal que painéis fotovoltaicos acumulem partículas de poeira e sujeira com o tempo. Porém esse acúmulo leva a uma redução na quantidade de energia luminosa que chega às células fotovoltaicas resultando na redução da produção de energia, que pode chegar em até 50%, de acordo com alguns estudos.

Portanto, é crucial mantê-los limpos. No entanto, o processo de limpeza e manutenção regular pode ser dispendioso e também desperdiçar muita água. Leia mais…


Por que o mercado de energia solar é promissor no Brasil?

No Brasil, por mais que esta modalidade ainda engatinhe, já há sinais de crescimento, aceitação e consolidação do sistema fotovoltaico na matriz energética nacional.

O sol que ilumina nossas praias e serve de paisagem para a grande maioria dos cartões-postais do Brasil também representa o futuro da produção de eletricidade para casas e empresas. A busca por fontes de energia limpas, renováveis e que são alternativas aos combustíveis fósseis faz com que a energia solar esteja no centro das atenções de pesquisadores e empresários em todo o mundo. Leia mais…


Senado Federal aprova projeto de Collor que incentiva energia solar e eólica

Projeto de autoria do senador Fernando Collor foi aprovado nesta terça
FOTO: AGÊNCIA SENADO

De autoria do senador Fernando Collor de Mello (PTC/AL), o plenário do Senado Federal aprovou, nesta terça-feira (18), o Projeto de Lei de número 484, que autoriza a implantação de usinas marítimas para a geração de energia elétrica a partir de fontes eólica e solar. As plataformas podem ser instaladas no mar territorial (até 22 quilômetros da costa) e na zona econômica exclusiva (até 370 quilômetros). A matéria segue para a Câmara dos Deputados. A região Nordeste deve ser a maior beneficiada por ter melhor área para exploração.  Leia mais…


Produtores de leite investem em energia solar em Minas Gerais

Economia esperada é de R$ 135 mil por ano na fatura de energia elétrica.

A Indústria de Rações Geraleite, de São Gotardo, na região do Alto Paranaíba, Minas Gerais, está inaugurando sua própria usina fotovoltaica. O projeto e a instalação foram desenvolvidos pela Engie. São 794 módulos de 275Wp que ocupam uma área de instalação de 1.428 metros quadrados e capacidade de geração aproximada de 218 kWp. O prazo estimado para o retorno do investimento é de 3,7 anos e a economia esperada é de R$ 135 mil por ano na fatura de energia elétrica da empresa totalizando mais de 3,3 milhões de reais ao longo do tempo de vida do sistema. Leia mais…


Energia solar leva qualidade de vida a comunidades no sul do Amazonas

Experiência de Lábrea foi levada nesta semana à COP 24, na Polônia.

Desde que a energia solar começou a ser gerada em Lábrea, no sul do Amazonas, cerca de mil famílias de extrativistas que vivem em torno do município vêm tendo mais acesso à saúde e educação e a meios alternativos de produção econômica. A história dos moradores das comunidades amazônicas beneficiadas pelo acesso à energia limpa foi compartilhada durante a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP 24), realizada nesta semana em Katowice, na Polônia. Leia mais…


Bolsonaro poderá acabar com subsídios para projetos de energia solar e eólica

Proposta foi feita a futuro governo por técnicos do atual ministério da Fazenda, que defendem que setores já são competitivos e, portanto, não precisam mais de auxílio governamental.

São Paulo tem ônibus elétrico em projeto de energia solar

A depender dos técnicos do governo Temer que integram o Ministério da Fazenda, o presidente eleito, Jair Bolsonaro, deverá acabar com os incentivos para a construção de usinas de geração de energia solar, eólica e pequenas hidrelétricas.

Em um documento que será entregue ao futuro presidente da República, o Ministério afirma que os subsídios às formas limpas de energia acabam pesando no bolso do consumidor, pois encarecem as contas de luz. Leia mais…


Preço da energia elétrica eleva procura por sistemas fotovoltaicos

Rio Grande do Sul é o segundo estado em capacidade instalada /JOÃO MATTOS/ARQUIVO/JC

A geração de energia fotovoltaica é um dos poucos setores brasileiros que pode se dar ao luxo de comemorar bons resultados no fechamento de 2018. Com os custos da luz elétrica pesando cada vez mais no bolso do consumidor, cresce a procura pelas instalações das placas solares em residências e estabelecimentos comerciais. Para além disso, as discussões sobre sustentabilidade e o esgotamento das fontes naturais ganham corpo ano a ano, angariando mais adeptos da energia limpa.  Leia mais…


Transportes e energia solar marcam próxima década, diz ministro do Ambiente

Portugal vai revolucionar o setor dos transportes e investir largamente na energia solar, só considerando a exploração de petróleo com uma “discussão muito alargada”, disse o ministro do Ambiente.

HUGO DELGADO/LUSA

Portugal vai revolucionar o setor dos transportes nos próximos 10 anos e investir largamente na energia solar, só considerando a exploração de petróleo com uma “discussão muito alargada”, disse o ministro do Ambiente em entrevista à Lusa.

A dois dias de participar em Katowice, na Polónia, na última semana da conferência mundial sobre o clima que ali decorre, João Pedro Matos Fernandes disse à Lusa que a próxima década vai ser de mudanças, até porque os custos de nada fazer são muito mais elevados. Leia mais…


2018: o ano da energia solar nas propriedades familiares e cooperativas

Redução de preço das placas fotovoltaicas e dos gastos em luz elétrica faz sistema ganhar espaço em empreendimentos rurais.

A Cooperagri, de Teutônia, no Vale do Taquari, apostou na geração fotovoltaica para reduzir custos e beneficiar seus 350 associados
Caco Konzen / Especial

A deficiência no fornecimento de energia no campo, levada pelas redes convencionais das concessionárias, faz crescer de forma acelerada a geração solar em propriedades e empreendimentos rurais no Estado. O movimento é beneficiado ainda pelo custo cada vez menor dos equipamentos utilizados na instalação dos painéis fotovoltaicos e na recuperação rápida do investimento em comparação com a vida útil dos sistemas, o que, no fim das contas, também colabora para a renda no meio rural. Leia mais…


Setor de energia solar quer detalhamento por fonte dos custos da Conta de Desenvolvimento Energético

ABSOLAR faz pedido à Aneel para dar mais transparência aos incentivos pagos pelos consumidores brasileiros na conta de luz.

Empresas e agentes do setor fotovoltaico assumiram a missão de mostrar à sociedade brasileira que praticamente não há incidência da energia solar nos custos referentes aos incentivos pagos pelos consumidores via Conta de Desenvolvimento Energético (CDE).

 A Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR) acaba de solicitar à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) o detalhamento por fonte que compõe a CDE, justamente para dar mais transparência com relação os custos pagos pelos consumidores na conta luz. Leia mais…


Nova Célula solar fotovoltaica consegue converter 41% da luz em energia

Célula solar fotovoltaica estabelece novo recorde de eficiência, uma nova célula solar de elevada concentração é capaz de converter mais de 41% da luz captada em eletricidade.

Esta também é conhecida por CPV (Concentrator Photovoltaics), sendo caraterizada por utilizar lentes, espelhos curvados e outro tipo de óticas para concentrar a radiação solar nas células fotovoltaicas com o objetivo de gerar eletricidade.

Foi com esta tecnologia que recentemente se alcançou o recorde de eficiência de conversão de luz solar em eletricidade. Leia mais…


Energia solar: custo de equipamentos pode cair à metade em dez anos

Essa é a fonte energética que mais tende a crescer no país. Eólica deslancha e deve assumir o 2º lugar na matriz.

Placas fotovoltáicas para energia solar Foto: FRANCO RICCI/Divulgação

Um crescimento explosivo é esperado para os próximos anos na geração de energia eólica e solar, que respondem, respectivamente, por 8,12% e 0,95% da matriz elétrica brasileira. São 568 parques eólicos e mais de sete mil aerogeradores em 12 estados. A solar ainda tem presença incipiente, mas é na qual se espera o maior avanço. O consultor Antonio Bolognesi, da Opperman Engenharia e Consultoria, estima que, com o aumento da demanda por essa fonte, o custo dos equipamentos deve cair à metade em dez anos, impulsionando o crescimento da geração distribuída (feita pelo próprio consumidor). Leia mais…


Os desafios das energias renováveis

Como os problemas ambientais das fontes alternativas de energia têm sido endereçados no Brasil?

Imagem: Pixabay

O crescimento dos investimentos em projetos de energias renováveis consiste em fato indubitável e em tendência irreversível. Como vimos nos artigos anteriores desta série, a transição para uma economia de baixo carbono é uma realidade, e investir nas fontes alternativas de energia é parte fundamental deste processo. Leia mais…


Matriz energética brasileira está entre as mais limpas do mundo

O mundo inteiro está tendo muita dificuldade em limpar a sua matriz energética, pois é um grande desafio mexer com as fontes de energia, que normalmente precisam estar em grande quantidade disponível e ser de fácil captação.

A maioria dos países do mundo usa usinas de carvão, gás e combustível a base de petróleo para gerar eletricidade, e aos poucos vem tentando substituir esses meios tão nocivos de gerar energia, e uma prova disso são a poluição extrema na China e em algumas grandes cidades europeias e dos Estados Unidos, por outras fontes de energia, como a hidroelétrica, força de biomassa, das marés, energia eólica e solar. Leia mais…


Caminhos da Natureza mostra como empresas e residências investem em energia solar

O programa vai ao ar domingo (2), a partir das 9h30 na RICTV | Record TV

Alexandre Mendonça conheceu a primeira usina de energia solar do Brasil

Cada vez mais as pessoas buscam atitudes que promovam a sustentabilidade do nosso planeta. Para abordar o tema e mostrar que é fácil ter acesso à energia solar o Caminhos da Natureza foi conhecer residências e estabelecimentos que usam a tecnologia. O programa vai ao ar domingo (2), a partir das 9h30 na RICTV | Record TV. Leia mais…


Uso de energia solar reduz a conta de luz em até 80% e combate aquecimento global

Condomínio da MRV em Belo Horizonte utiliza placas solares para geração de energia para apartamentos e áreas comuns Foto: Divulgação/Vladmir Araújo

O brasileiro pagou US$ 186,73 por cada mWh consumido em 2016. De acordo com a consultoria Bloomberg New Energy Finance, o valor foi 66% superior à média global no período. Essa discrepância é uma das razões pelas quais mais de 20 mil painéis solares foram instalados no país entre janeiro e novembro de 2018, de acordo com a Aneel. Além do alívio na conta de luz, eles trazem valor aos imóveis e produzem uma energia mais limpa. Leia mais…


Energia solar traz impacto social nas favelas do Brasil

De acordo com reclamações feitas pelo presidente da Associação de Moradores de Morro de Santa Marta, favela localizada em Botafogo, bairro tradicional de classe média no Rio de Janeiro, os moradores da região afirmam que trabalham apenas para pagar os gastos com a conta de luz elétrica. Os moradores lamentam: a conta de luz é alta até mesmo quando estão fora de casa, viajando. Leia mais…


Vendas recordes aquecem mercado de energia solar

O Brasil vive hoje um momento de crescimento expressivo no setor de energia solar e de diversificação da matriz energética. Dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) sobre o setor de energia solar mostram que 40 mil sistemas estarão conectados até o final deste ano. A consultora ambiental DNV-GL estima que 70% da matriz energética brasileira será oriunda de fontes não-fósseis até 2050. Leia mais…


Energia solar e eólica ficaram tão baratas que dominam o setor das energias renováveis

As energias solar e eólica estão consolidadas a nível global, sendo que neste momento e devido ao custo cada vez mais reduzido dominam por completo os investimentos do setor energético mundial.

O ser humano tem uma característica desde que a história começou, que é a tendência a repetir padrões, a se focar em coisas parecidas, ou seja, quanto mais as comunidades humanas se comunicam, mais acabam se repetindo. Isso se mostra com a globalização, a revolução industrial, o uso do petróleo, entre muitos outros exemplos. Leia mais…


Estado aposta no sol para crescimento da oferta de energia local

O público-alvo do programa é formado por empresas industriais e comerciais, prestadores de serviços, produtores rurais, associações, cooperativas e residências (pessoa física).

A Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico (SDEC) reuniu representantes da Celpe e de empresas de geração de energia solar em Pernambuco para avaliar e discutir sobre o andamento da nova fase do Programa PE Solar. Leia mais…


Geração de energia solar no Brasil dispara para aproveitar regras

Alteração regulatória deve incluir a remuneração do uso do fio da rede de distribuição em 2019. Distribuidoras estão preocupadas porque o número de consumidores com direito a créditos aumentou 23% em três meses.

(foto: Arte/CB/D.A press)

A possibilidade de mudanças regulatórias, em 2019, para remunerar o uso do fio da rede de distribuição de energia elétrica está provocando uma corrida à geração distribuída, quando o consumidor produz a própria eletricidade e pode fornecer o excedente para a concessionária da própria região. Em junho de 2016, 4,4 mil unidades consumidoras do país recebiam créditos por injetar no sistema mais do que o consumido. Em agosto deste ano, o número saltou 1.168%, para 51,5 mil. Em 23 de novembro, eram 63,5 mil, alta de 23% em três meses. Do total, quase 90% dos créditos são relativos à geração solar fotovoltaica. Leia mais…


Brasil já tem produção de energia eólica equivalente a uma Itaipu

Energia eólica superou a marca de 14,34 GW (gigawatts) de capacidade instalada no Brasil, equivalente a usina de Itaipu.

A energia eólica ultrapassou 14,34 GW (gigawatts) de capacidade instalada no Brasil, equivalente a uma usina de Itaipu – a segunda maior usina hidrelétrica do mundo.

Ao todo, são 568 fazendas eólicas em 12 estados. A energia gerada nos últimos 12 meses é suficiente para abastecer 25 milhões de residências por mês, ou cerca de 75 milhões de brasileiros, segundo dados da Abeeólica (Associação Brasileira de Energia Eólica). Leia mais…


Ciclovia solar com painéis solares fotovoltaicos inaugurada na Alemanha

As ciclovias solares podem e vão fazer parte do futuro e da paisagem das cidades, nomeadamente das grandes capitais Europeias.

Os países que são os principais responsáveis pelo aquecimento global são aqueles que fizeram parte da primeira e da segunda revolução industrial, e são também os que têm condições de reverter essa situação por terem melhores condições econômicas. A Alemanha é um desses países, e ao que parece, vem fazendo a sua parte para melhorar a qualidade do ar e da vida na Terra, ao menos dentro da Alemanha. Leia mais…


O futuro radiante da energia solar fotovoltaica

Nos últimos trinta anos, os sistemas fotovoltaicos tiveram um aumento enorme de eficiência e de redução de custos de produção.

Após um período em que o crescimento do mercado da energia fotovoltaica foi estimulado através de tarifas bonificadas, esta tecnologia atingiu um nível de maturação que lhe permite competir em custo com as chamadas energias convencionais (i.e.: centrais a carvão ou a gás), prevendo-se que num futuro próximo a energia solar elétrica seja aquela com maior crescimento de capacidade instalada a nível mundial. Leia mais…


Energia eólica no Brasil sobe 7 posições no ranking mundial

Há muitos anos que a conservação do meio ambiente gera preocupação, pois, é muita poluição, desmatamento, desperdício de água, exploração de recursos naturais, mortes de animais e tudo isso nos leva a destruição do nosso planeta Terra.

Uma das formas de cuidar do mundo em que vivemos é apostar nas energias renováveis, ou seja, que não tem fim e que não prejudicam a natureza. Entre as energias limpas mais indicadas está a eólica que é feita por meio do vento. Leia mais…


Pontos de ônibus metropolitanos de SP utilizam placas de energia solar

A Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU/SP) instalou desde o início de outubro placas solares para captação de energia solar em pontos de ônibus do Corredor Biléo Soares, na região metropolitana de Campinas. A iniciativa faz parte de sua política de sustentabilidade e meio ambiente.

No total são quatorze pontos de ônibus que já possuem placas solares instaladas. Estima-se, ainda, que estejam equipados vinte pontos, ao todo, com o sistema de captação de energia solar até o final do ano. A EMTU/SP foi pioneira ao implantar a tecnologia solar em pontos de ônibus em São Paulo. A empresa pretende usar a energia solar em mais empreendimentos pertencentes. Leia mais…


Energia Solar agora é a fonte mais barata de geração de energia

Graças à queda dos custos, a energia solar não subsidiada se tornaram as fontes mais baratas de geração de eletricidade em quase todas as principais economias do mundo, incluindo a Índia e a China, segundo um novo relatório da Bloomberg NEF.

Os custos comparativos para a geração de energia – os custos nivelados da eletricidade (LCOE) – mostraram que a energia eólica onshore e solar são as fontes de geração de energia mais baratas para todas as principais economias, exceto para o Japão. Leia mais…


Instalação de painéis solares pode reduzir a conta de luz

Energia renovável que mais cresce no Brasil pode ser instalada diretamente em edificações.

Produzir energia solar em casa tem retorno do investimento entre três e sete anos — Foto: Shutterstock

Você já pensou em trocar a energia elétrica fornecida pela concessionária pela energia solar? Apesar de ainda ser uma fonte de energia pouco usada no país, seu crescimento nos últimos anos aponta para um futuro promissor, com queda de custos e melhoria nos serviços. E adotar o sistema em casas, prédios e empresas está cada vez mais simples.

A energia solar fotovoltaica, produzida por painéis que captam a luz do sol, corresponde hoje a 0,8% da matriz energética brasileira. Apesar disso, seu crescimento é o mais rápido no país e no mundo entre as fontes de energia renováveis. De acordo com o presidente da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), Ronaldo Koloszuk, a previsão da Empresa de Pesquisa Energética (EPE) do governo federal é de que em 2030 ela chegue aos 10%. “Isso porque o governo costuma ser conservador. Deve ser mais que isso”, comenta. Leia mais…


Panificadoras potiguares investem em energia solar e conseguem economia de até 50%

Além de fortalecer imagem da empresa por contribuir com a redução do impacto ao meio ambiente, energia limpa gera outro diferencial competitivo: redução nos custos fixos.

Panificadores potiguares investem em energia solar como diferencial — Foto: Constep Energia

Empreendimentos do setor da panificação têm investido na geração de energia solar como alternativa aos padrões tradicionais no Rio Grande do Norte. Além de fortalecer a imagem da empresa por contribuir com a redução do impacto ao meio ambiente, esse tipo de energia gera outro diferencial competitivo: redução nos custos fixos do empreendimento e a possibilidade de oferecer preços mais justos aos clientes. Leia mais…


Célula solar produz eletricidade e hidrogênio ao mesmo tempo

Célula de hidrogênio e voltaica.

Esta é a célula HPEV (Hybrid PhotoElectrochemical and Photovoltaic Cell), que produz hidrogênio e energia elétrica simultaneamente.[Imagem: Berkeley Lab/JCAP]

Um novo dispositivo de fotossíntese artificial, batizado de “célula fotoeletroquímica e voltaica híbrida” transforma luz solar e água em não apenas um, mas em dois tipos de energia – eletricidade e hidrogênio.

A maioria dos dispositivos que quebra as moléculas de água para produzir hidrogênio solar é feita de uma pilha de materiais absorvedores de luz. Dependendo de sua composição, cada camada absorve diferentes partes ou comprimentos de onda do espectro solar, indo dos comprimentos de onda menos energéticos da luz infravermelha, até os comprimentos de onda mais energéticos da luz visível ou mesmo ultravioleta. Quando cada camada absorve a luz, ela cria uma tensão elétrica. Essas tensões individuais se combinam em uma voltagem grande o suficiente para dividir a água em oxigênio e hidrogênio. Leia mais…


Brasil tem a matriz energética menos poluente do mundo, segundo agência internacional

Para dirigente da AIE , país é a ‘estrela ascendente’ no uso sustentável de energia.

Projeto de energia solar no AquaRio Foto: Fernando Lemos/Agência O Globo/25-05-2017

Em meio a incertezas sobre como o próximo governo pretende agir em relação aos acordos de redução de emissões de gases que provocam o efeito estufa, a Agência Internacional de Energia (AIE) afirma que o Brasil é o país que apresenta a matriz energética menos poluente do mundo e com a maior participação de combustíveis renováveis entre os grandes consumidores globais de energia. Segundo o organismo, que é ligado à Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), o país deverá somar quase 45% de fontes renováveis na matriz energética em 2023, usados, principalmente, nas áreas de transportes e industrial. Leia mais…


Energia Solar tudo o que deve saber

Energia Solar – Painéis Solares Fotovoltaicos

A energia solar é hoje uma das principais fontes de energias renováveis, com um elevado crescimento, saiba quais as vantagens e desvantagens da energia solar e conheça tudo sobre este tipo de fonte de energia.

Com a expansão das energias renováveis e a implementação de leis governamentais em prol de um mundo sustentável e “saudável”, uma das fontes mais utilizadas é o sol. A energia proveniente da luz e do calor do sol é denominada de energia solar. Leia mais…


Aumento das tarifas de energia no Brasil impulsionou o mercado de energia solar

A maior vantagem da energia solar é a infinidade dessa energia, já que o sol vai durar ainda alguns bilhões de anos, e a questão de essa energia não agredir a natureza de nenhuma forma, precisando apenas de uma superfície horizontal para ter suas células de captação instaladas.

Enquanto isso, a maior desvantagem é a questão do preço, já que como no Brasil essa energia ainda é pouco explorada, os preços dos painéis são altos, e mesmo sabendo-se que esse valor retorna com o tempo, já que não se precisa mais gastar com energia, muitas pessoas não têm condições de fazer esse investimento. Leia mais…


Tesla reduz os preços dos sistemas de energia solar

A redução dos preços vai permitir aos consumidores uma poupança entre 15 e 25%.

Fotografia: Tesla

A Tesla reduziu os preços dos sistemas de energia solar, com o objetivo de tornar a energia sustentável mais acessível. Os cortes entre três mil e cinco mil dólares (cerca de 2,65 e 4,42 mil euros) vão permitir uma poupança 15 a 25%, avançou a empresa à Reuters.

A integração vertical dos produtos nas lojas e a crescente eficiência gerada pelos canais de venda mais caros, como as vendas porta-a-porta permitiram a redução dos preços. Leia mais…


Geração de energia alternativa cresce 13% no último ano

Investimentos em sistemas eólico, a gás, solar e hidráulico fizeram setor apresentar este crescimento.

A energia eólica representa 43% do mercado livre de energia – Divulgação

A preocupação com a poluição ambiental chegou à produção de energia. Seguindo tendência mundial, o investimento em energia limpa vem aumentado. E fontes como petróleo, carvão e gás vêm dando lugar à energia eólica, solar e hidráulica. Segundo estudo da Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (Abraceel), houve aumento de 13% na geração de energia alternativa no último ano. Leia mais…


Maior parque solar da América do Sul começa a ser construído no Piauí

Maior parque de energia solar da América do Sul está sendo construído em Piauí, no Brasil.

A subsidiária brasileira de energia renovável do Grupo Enel, que se chama Enel Green Power Brasil Participações Ltda (EGPB) começou a construir um parque solar chamado São Gonçalo, de 475 MW, localizado em São Gonçalo do Gurguéia, no estado brasileiro Piauí.

O parque solar São Gonçalo é a maior planta de energia solar fotovoltaica atualmente em construção na América do Sul e deve começar a funcionar em 2020. O Grupo Enel investirá até o final da construção cerca de R$ 1,4 bilhão, o equivale aproximadamente a 390 milhões de dólares. Leia mais…


Cientistas criaram molécula capaz de armazenar energia solar por 18 anos

Tecnologia usa carbono, hidrogênio e nitrogênio e pode ser comercializada na próxima década.

. (Ben-Schonewille/Thinkstock)

Cientistas da Universidade de Tecnologia de Chalmers, na Suécia, criaram uma molécula capaz de armazenar energia solar por até 18 anos. O processo envolve captação da luz solar pelo teto de casas e prédios, e a energia gerada é mantida em estado liquido.

No estudo, os pesquisadores descrevem o sistema, chamado Armazenamento de Energia Térmica Molecular (MOST, na sigla em inglês). Para criar a molécula, a luz solar é captada por um coletor solar térmico localizado no teto de construções, capaz de rastrear o caminho do sol como uma antena parabólica. Leia mais…


Novo recorde de eficiência de painéis solares PERC batido pela Longi Solar

De abril de 2017 a fevereiro de 2018, a fabricante chinesa fotovoltaica, Longi SolarTechnology melhorou a eficiência da célula de PERC.

Este mês anunciou que foram realizados testes para comprovar a eficiência da conversão fotovoltaica do módulo PERC monocristalino de 60 células através do instituto independente, TUV-SUB. A Longi Solar alcançou uma conversão de 20,83%, estabelecendo um recorde mundial. Deste modo, ultrapassou o antigo recorde de 20,41%, o qual foi atingido em Janeiro. Leia mais…


Projeto “Cinesolar” exibe filmes a partir da energia do sol no interior do RS

Van equipada com placa especial leva cinema e informação sobre fontes renováveis a várias cidades.

Cinesolar já realizou cerca de 670 sessões com a exibição de mais de 100 filmes, desde sua criação em 2013 | Foto: Murilo Durães / Divulgação / CP

O Cinesolar, inovadora iniciativa brasileira de cinema itinerante que exibe filmes a partir da energia solar, passará por municípios do interior do Rio Grande do Sul, até o final de dezembro. Nesta segunda-feira, estará em Carlos Barbosa, na Escola Municipal Prefeito José Chies, a partir das 14h30min. Às 19h, apresentará sessão de curtas, e, às 20h, projeção do longa “Fala Sério, Mãe!”, de Pedro Vasconcelos. Tudo funciona a partir de uma van equipada com placas solares que possibilitam, através de um sistema conversor de energia solar para elétrica, a exibição de filmes e apresentações artísticas. Leia mais…


Seminário pretende estimular uso da energia solar nas empresas

Público poderá conhecer linhas de crédito disponíveis para aquisição de sistemas fotovoltaicos (Foto: Sebrae)

Na próxima terça-feira, 13, a partir das 8h30, no Del Mar Hotel, o Sebrae realiza o I Seminário e Rodada de Crédito para empresas do segmento de energia solar e fotovoltaica. O evento irá reunir representantes de empreendimentos que prestam serviços na área e pessoas interessadas em fazer uso desse modelo de energia para trocar informações, realizar negócios e conhecer as linhas de crédito disponibilizadas por instituições financeiras. Leia mais…


Comissão vota projeto que favorece exploração de energia solar ou eólica em assentamentos rurais

Em reunião na terça-feira (13), a Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) deve analisar substitutivo ao Projeto de Lei do Senado (PLS) 384/2016, que obriga o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) a autorizar a exploração de energia eólica ou solar a assentados da reforma agrária. A reunião tem início às 11h na sala 7 da ala Alexandre Costa. Leia mais…


Energia solar: mercado cresce diante dos aumentos das tarifas de luz

De janeiro até julho de 2018, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) já aprovou reajustes e revisões tarifárias de diversas distribuidoras de energia de todas as regiões do país. Os impactos nas contas de milhões de brasileiros variam de 5% a 25,87%. Esse é um dos fatores que tem impulsionado o crescimento do setor de energia solar, que além de gerar economia no bolso, também contribui para o meio ambiente, com a redução de gases do efeito estufa. Leia mais…


Brasil ultrapassa marca dos 14 GW de energia eólica instalada

Brasil é um dos países que mais crescem em produção de energia eólica

Quem gosta de acompanhar as notícias e artigos sobre energia renovável aqui no Oficina pode comemorar: O Brasil acaba de ultrapassar a marca de 14 GigaWatts de capacidade instalada de energia eólica no país.

Já são 14,34 GW de capacidade (bem mais energia do que o foguete Falcon 9 da SpaceX produzia durante um lançamento ou do que o ônibus espacial da NASA) produzidos por mais de 7.000 aerogeradores, distribuídos em 568 parques eólicos em 12 estados brasileiros. Em uma comparação mais convencional, a capacidade eólica do Brasil, agora, é a mesma instalada em Itaipu, a maior usina hidrelétrica em produção anual de energia do mundo. Leia mais…


Energia solar pode ser usada para criar combustível de hidrogênio

Cientistas israelenses desenvolveram método capaz de baratear custo do combustível limpo.

Carro da Toyota movido a hidrogênio (Toyota/Divulgação)

Uma equipe de pesquisadores israelenses afirma ter dado um passo importante para a criação de carros movidos a hidrogênio, visto como alternativa ecológica aos combustíveis fósseis. Segundo eles, é possível utilizar energia solar para fabricar o combustível, tornando o processo mais limpo e permitindo a produção em larga escala. Leia mais…


Paraná incentiva a energia solar. Mas como ela funciona? Veja três pontos

Atualmente, mais de 42 mil famílias utilizam o sistema que deve chegar a 886 mil em 2024.

(Foto: Franklin de Freitas/Arquivo Bem Paraná)

Nesta semana a Copel lançou o Mapa Solar do Paraná, com as potencialidades que cada região tem para a geração por meio de painéis fotovoltáicos. Mas, como funciona? Energia solar fotovoltaica é a conversão direta da luz do sol em energia elétrica, realizada por meio das placas solares e demais equipamentos que compõem os sistemas solares fotovoltaicos. Leia mais…


Produção de energia eólica no país atinge marca de 14 gigawatts

Brasil tem 568 parques eólicos e mais de 7.000 aerogeradores em 12 estado – Soninha Vill/GIZ

A produção de energia eólica no Brasil atingiu a marca de 14 gigawatts (GW) de capacidade instalada. Os dados referentes à medição de setembro foram divulgados hoje (5) pela Associação Brasileira de Energia Eólica (Abeeólica) e mostram que o total da produção dessa matriz energética é equivalente a mesma capacidade instalada da usina hidrelétrica de Itaipu.

No total, são 14,34 GW de capacidade instalada em 568 parques eólicos e mais de 7.000 aerogeradores em 12 estados. Os estados da Região Nordeste agregam a maior parte da produção. O Rio Grande do Norte aparece em primeiro lugar com 146 parques e 3.949,3 megawatts (MW) de potência. Em seguida vem a Bahia, com 133 parques e potência de 3.525 MW; o Ceará vem em terceiro lugar, com 2.049,9 MW de potência e 80 parques instalados. Leia mais…


Monitor cardíaco alimentado por energia solar

Célula solar em vez de bateria.

Esquema e foto do protótipo do aparelho capaz de fazer um eletrocardiograma. [Imagem: Sungjun Park et al. – 10.1038/s41586-018-0536-x]

Dispositivos autoalimentados que possam ser colocados diretamente sobre a pele ou em tecidos e órgãos humanos têm um grande potencial para aplicações médicas.

Eles poderiam ser usados como sensores fisiológicos para o monitoramento em tempo real do funcionamento do coração ou do cérebro, por exemplo.

Na prática, no entanto, o volume das baterias ou a quantidade insuficiente de energia, e a interferência da alimentação elétrica, têm sido empecilhos difíceis de superar.

Uma equipe japonesa acaba de apresentar uma solução para esse dilema: um sistema de alta eficiência na fotoconversão – conversão de luz em eletricidade – das células solares de plástico, aquelas que são fabricadas por impressão sobre substratos flexíveis. Leia mais…


Portal projeta faturar R$ 30 milhões com energia solar

Financiamento deve viabilizar a instalação de milhares de painéis de energia solar no mês.

Portal Solar projeta movimentar R$ 30 milhões em negócios de geração distribuída no mês de novembro, o dobro da média mensal.

A estratégia do maior website especializado em energia solar do Brasil é fazer uma espécie de “Black Friday” no período. A maior parte dos produtos cadastradas no marketplace estarão em oferta. Leia mais…


Preço de painéis solares fotovoltaicos baixou 25% em 2018

Quem se preocupa com o meio ambiente e com o planeta que deixará para as futuras gerações sabe que a energia solar é uma das melhores opções para o mundo todo, pois, é uma energia renovável, que não causa mal a ninguém e ainda diminui muito a conta de energia elétrica.

Para receber energia solar em casa, empresa ou em qualquer outro local é necessário estar em um lugar com alta incidência de sol e adquirir os painéis que absorverão os raios solares. Leia mais…


O estado brasileiro que tomou a dianteira da geração caseira de energia solar

Tarifa de energia cara, nível de irradiação solar alto e isenção de ICMS para energia gerada em casa são alguns dos fatores que explicam o protagonismo de Minas Gerais.

“Sozinho, o estado de Minas Gerais responde por quase um terço da capacidade total instalada no país em geração distribuída fotovoltaica.”

“Cinco anos após a resolução da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) que permitiu aos consumidores gerarem a própria energia, um estado brasileiro despontou na geração caseira. É nos telhados das residências e estabelecimentos de Minas Gerais que estão instaladas a maior parte das usinas fotovoltaicas do país. São 8.124 unidades e 139 megawatts (MW) de potência de geração distribuída, mais do que o dobro da capacidade do Rio Grande do Sul, segundo colocado. Esse número é a soma de todas as fontes, mas a fotovoltaica predomina.” Leia mais…


PR é o sexto estado que mais usa a energia solar

Mas em potência instalada Estado é o quinto do País, gerando 5,4% do total nacional.

Telhado com placas fotovoltaicas em prédio de Curitiba: economia limpa (Foto: Franklin de Freitas)

O Paraná é hoje o sexto estado do País em unidades com sistema de energia solar conectados ao sistema. São 2.767, entre sistemas de energia solar residenciais, comerciais, industriais, rurais e outros. Mas, quando se fala em potência instalada, o Estado pula uma casa e aparece em quinto, gerando 5,4% da energia solar produzida no Brasil. Leia mais…


Empreendedores criam startup que produz energia solar e conquistam ‘Califórnia Brasileira’

Guilherme Susteras e Alexandre Bueno fornecem energia limpa no interior de São Paulo, região que, segundo eles, tem um forte quê californiano — lá não falta sol nem consumidor consciente.

Alexandre Bueno e Guilherme Susteras fundaram a Sun Mobi, que produz energia solar no interior de São Paulo (Foto: Divulgação )

Só mesmo a energia que vem do sol para explicar a persistência de Guilherme Susteras e Alexandre Bueno em montar um negócio num setor tão incipiente no Brasil. Energia renovável faz manchetes frequentes no noticiário internacional e no nacional e, junto com inteligência artificial, transformação digital e outros termos futuristas, é um dos temas que mais estão na moda. Isso não significa, no entanto, que quem decide investir nisso dará de cara com uma imediata fonte espetacular de dinheiro. Apesar de crescente, a adoção aqui é lenta, em comparação a regiões como a Califórnia (Estados Unidos), referência mundial na área. Leia mais…


Uso de energia solar pode reduzir gastos nas empresas com tecnologia fotovoltaica

O Sebrae Rio realiza palestra gratuita de orientação nesta quarta-feira, em Resende – Foto: Divulgação

Os empresários podem conquistar redução significativa de impostos com o consumo de energia elétrica modificando hábitos e explorando novas tecnologias com a captação de energia solar. Este será o tema de uma palestra ministrada nesta quarta-feira, dia 31, às 8h30min, pelo Serviço Brasileiro de Apoio a Micro e Pequena Empresa (Sebrae Rio), no Hotel River Park, em Campos Elíseos. Leia mais…


Porque os carros elétricos e a energia solar ainda não são compatíveis?

A procura por soluções para a poluição e o respectivo aquecimento global vem preocupando especialistas, sociedade e governos nas últimas décadas.

Movimento intensificado com os alarmantes relatórios do Painel Inter-Governamental sobre Mudanças Climáticas que, entre outras coisas, culpa a humanidade por essas mudanças e deixa claro que caso não ocorram transformações drásticas na forma de vida e consumo das nações, essas mudanças serão imutáveis e definitivas para a vida na Terra. Leia mais…


Fotossíntese semi-artificial é uma fórmula revolucionária de geração de energia solar

A energia solar é uma forma de absorver os raios solares e usá-los para reservar e produzir energia ou elétrica, ou térmica, para o aquecimento de água.

Devido ao aquecimento global e as outras mudanças climáticas, a energia solar por ser totalmente renovável e limpa, tem sido cada vez mais empregada no mundo.

O uso da energia do sol para gerar energia é até mais antiga do que o relógio solar e o uso para secar o sal, a roupa e tantos outros. Leia mais…


Cresce o uso de energia fotovoltaica no campo

A redução de custo para a implantação de painéis de geração de energia fotovoltaica nos últimos anos vem expandindo as possibilidades de adoção deste tipo de fonte sustentável no campo. A geração por meio de painéis solares, alternativa às concessionárias de energia elétrica e ao uso de diesel para com o impacto na emissão de gases de efeito estufa, tem peso importante no bolso do produtor rural. Leia mais…


Conseguir financiamento para energia solar residencial no Brasil

No mundo todo pessoas de diversas condições financeiras e ciclos sociais se preocupam com o meio ambiente, por isso, é tão importante as fontes de energias renováveis, pois, somente assim é possível deixar um planeta em boas condições para as gerações futuras.

A energia solar está se tornando um sonho de consumo de muitas pessoas que querem ao mesmo tempo cuidar do meio ambiente e diminuir a sua conta de energia elétrica. Leia mais…


Estudo aponta para crescimento de 6500% da energia solar até 2050

A energia solar é sem sombra de dúvidas a fonte de energia renovável mais promissora para um futuro mais verde.

A energia solar cresce globalmente e não existe num país onde esta fonte de energia não se esteja a propagar.

Se olharmos para a China, conseguimos saber que apenas este país produziu 118 terawatts de energia com origem em painéis solares fotovoltaicos no ano de 2017. Leia mais…


Células solares impressas em painéis seis vezes maiores

Painel solar de perovskita

Painel solar de perovskita com uma dimensão seis vezes maior do que o recordista anterior. [Imagem: Swansea University]

Este é um módulo solar de perovskita do tamanho de uma folha de papel A4 – ele é quase seis vezes maior do que os módulos desse tipo de painel solar já fabricados antes.

O avanço mostra que a tecnologia funciona em uma escala maior do que as inúmeras demonstrações feitas recentemente em laboratório, o que é crucial para incentivar a indústria a adotar essa tecnologia.

Cada uma das inúmeras células individuais que formam o módulo é feita de perovskita, um material de interesse crescente porque pode ser fabricado de forma mais simples e a um custo menor do que as células solares de silício, o material mais usado hoje. Leia mais…


Como reinventar uma usina gigante movida a carvão para produzir energia verde?

O Reino Unido planeja acabar com a eletricidade a carvão até 2025. O que acontecerá com as enormes fábricas deixadas para trás? Uma instalação é pioneira na conversão para a energia verde.

A conversão da usina de energia Drax – de carvão em biomassa – custou R$ 3,8 bilhões — Foto: Chris Baraniuk

No trem em direção a um dos últimos locais do Reino Unido que ainda queimam carvão para produzir energia, passo por três fazendas solares. Também passo pela usina de carvão de Eggborough, que parou suas operações. Não há fumaça saindo de suas gigantes torres de resfriamento. Ela será fechada em setembro.

Mas a usina que vou visitar é diferente. Seu nome é Drax, por causa de um vilarejo de mesmo nome, e trata-se da maior usina de energia da Europa Ocidental. Em 2023, seus donos vão parar completamente de queimar carvão. Eles esperam que, em vez disto, a instalação consumirá apenas gás natural e biomassa – no caso, aglomerados de madeira triturados. Leia mais…


Soltec fornece rastreadores solares a duas usinas fotovoltaicas no Brasil

Soltec fornece rastreadores solares a duas usinas fotovoltaicas no estado brasileiro de Minas Gerais.

O município de Guimarânia abrigará aproximadamente 2.800 SF7 Single-Axis Trackers que serão instalados em uma das duas plantas. Os rastreadores da Soltec montarão quase 250.000 módulos fotovoltaicos.

“Os clientes sabem que nossa incomparável experiência em rastreamento fotovoltaico e nossa posição de liderança como fornecedor de rastreadores solares no Brasil fazem da Soltec uma aposta segura na confiabilidade dos parceiros”, disse Raúl Morales, CEO da Soltec. “A liderança de mercado da Soltec na região tem sido claramente demonstrada e é em grande parte devido à nossa capacidade de fornecer equipamentos e executar instalações. Leia mais…


EDP Renováveis vai fornecer energia eólica à Walmart

A EDP Renováveis e a Walmart fecharam três contratos de compra e venda de energia eólica, que vão permitir a construção de três novos parques eólicos de grande escala nos estados do Illinois e Indiana.

A Walmart e a EDP Renováveis fecharam três contratos de compra e venda de energia eólica (PPA, na sigla em inglês), que vão permitir a construção de três novos parques eólicos de grande escala nos estados norte-americanos do Illinois e do Indiana, anunciou esta terça-feira, 16 de outubro, a portuguesa em comunicado.

”A energia adquirida pela Walmart através destes contratos permite produzir energia renovável equivalente à que poderia ser fornecida anualmente a mais de 60 mil famílias no Illinois e 15 mil famílias no Indiana” escreve a nota. ”Além disso, estes parques eólicos trarão vantagens económicas para as respetivas regiões e estados, sob a forma de empregos e pagamentos de impostos e ainda dinheiro investido nas comunidades locais.” Leia mais…


Método inovador permite converter luz solar em combustível

Energia Solar – Painéis Fotovoltaicos

Investigação da Universidade de Cambridge criou método inovador para “dividir” a água em hidrogênio e oxigênio, mudando por completo o paradigma da fotossíntese das plantas, criando assim um novo processo para converter a luz solar em combustível.

O oxigênio é resultado de um subproduto da fotossíntese, quando a água absorvida pelas plantas se divide. Esta é uma das reações mais importantes do mundo, pois é a fonte de praticamente todo o oxigênio mundial. Leia mais…


Por que carros movidos a energia solar ainda não são viáveis?

Quando pensamos em alternativas aos combustíveis fósseis para mover carros, normalmente o que vêm à cabeça é energia elétrica e energia à base de hidrogênio, mas pouco se fala a respeito da energia solar. Sendo o Sol uma imensa fonte de calor, por que não aproveitar as emissões solares para dar vida aos motores de carros, motocicletas e caminhões?

A resposta curta para essa pergunta é bem simples: porque o aproveitamento de energia solar ainda é baixo. Atualmente, existem drones e aeronaves leves posicionadas em órbita na Terra que se alimentam de energia solar para continuar funcionando, mas replicar isso em carros seria bem complicado porque veículos maiores consomem mais energia e seriam bem mais caros para o consumidor final. Leia mais…


Projeto da Ufes vence desafio nacional de barcos movidos a energia solar

Alunos da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) venceram circuito do Desafio Solar Brasil, um dos eventos mais importantes do Brasil na área de eficiência energética.

Estudantes da Ufes venceram evento em duas categorias — Foto: Desafio Solar Brasil/Divulgação

O Projeto Solares, desenvolvido por estudantes da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), venceu as duas categorias do Desafio Solar Brasil 2018 disputado em Búzios, no Rio de Janeiro, em setembro.

A competição nacional de barcos movidos à energia solar contou com a participação de 19 equipes de quatro estados brasileiros. Essa foi a 1ª vez que a equipe capixaba disputou o torneio. Leia mais…


Novo avanço pode reduzir os preços solares para novos mínimos

O professor Yabing Qi e sua equipe da OIST, em colaboração com o professor Shengzhong Liu, da Universidade Normal de Shaanxi, na China, desenvolveram as células usando materiais e compostos que imitam a estrutura cristalina da perovskita mineral que ocorre naturalmente.

No que o professor Qi se refere como “o triângulo de ouro”, as tecnologias de células solares precisam cumprir três condições que merecem ser comercializadas: sua taxa de conversão de luz solar em eletricidade deve ser alta, elas devem ser baratas para produzir e devem ter um longo vida útil. Hoje, a maioria das células solares comerciais é feita de silício cristalino, que tem uma eficiência relativamente alta de cerca de 22%. Embora o silício, matéria-prima para essas células solares, seja abundante, o processamento tende a ser complexo e aumenta os custos de fabricação, tornando o produto acabado caro. Leia mais…


Nova descoberta permite acumular energia solar para usar à noite

O uso de energia solar para gerar eletricidade para consumo doméstico ou industrial não é considerado dos mais fiáveis, pois a sua produção vai ser errática, conforme a hora do dia e as condições meteorológicos. E a maioria dos produtores não tem condições para montar super-baterias acumuladoras. Mas um grupo de cientistas da Suécia poderá ter resolvido o problema, graças a uma simples molécula.

Um grupo de investigadores da Universidade Chalmers, na Suécia, tem dado passos grandes no desenvolvimento de uma molécula especial que pode acumular energia solar para uso posterior. A equipa liderada por Kasper Moth-Poulsen criou uma molécula de carbono, hidrogênio e azoto que, quando é atingida por luz solar, recombina-se num isômero, uma molécula que usa os mesmos componentes de outra, mas que tem propriedades diferentes. Leia mais…


Fernando de Noronha terá mais energia solar

Arquipélago dispõe de duas usinas de captação da luz solar. O sistema permitirá armazenamento de energia fotovoltaica com tempo nublado.

A ilha dispõe de duas usinas solares: Noronha 1 e 2. O novo investimento está orçado em R$ 6 milhões. Imagem: Divulgação

Moradores do arquipélago Fernando de Noronha vão ampliar o uso de energia fotovoltaica (energia solar) em 20% até o final do ano e, com isso, haverá redução no consumo do biodiesel. A utilização de energia fotovoltaica não é uma novidade no arquipélago. O que muda é a perspectiva de armazenamento e ampliação do uso para momentos de ausência de luz solar, especialmente no período noturno. Isso é possível, graças a um sistema de uso inédito no Brasil, que teve o primeiro módulo desembarcado ontem na ilha com instalação prevista até o final do mês. Leia mais…


Banco de rua carrega celulares com energia solar e monitora arredores

A energia usada para recarregar celulares vem do sol: há conectores nas laterais e um ponto para aparelhos de carga sem fio.

Bancos de rua com tomadas USB e câmeras estão sendo instalados em algumas cidades da Europa, como Bratislava, na Eslováquia. Um deles, chamado Steora, tem um sistema de captação de energia solar e várias outras funções, como medir a qualidade do ar.

A energia usada para recarregar celulares vem do sol: há conectores nas laterais e um ponto para aparelhos de carga sem fio. Segundo o fabricante, a absorção de energia solar é possível mesmo enquanto há pessoas sentadas no banco. Leia mais…


Célula solar feita com spray chega a 22,4% de eficiência

Célula solar em série

Esquema e protótipo da célula solar em série. [Imagem: Qifeng Han et al. – 10.1126/science.aat5055]

Uma célula solar construída com a técnica simples de spray capturou mais energia da luz solar do que os painéis solares comerciais.

A célula é fabricada pulverizando uma camada fina de perovskita – um composto barato de chumbo e iodo que vem-se mostrando muito eficiente na captação de energia da luz solar – sobre uma célula solar comercialmente disponível, conhecida como CIGS – iniciais dos elementos que a compõem (cobre, índio, gálio e selênio). Leia mais…


Por que o Nordeste é um polo de energia eólica?

O Nordeste é responsável por 85% da produção de energia eólica do Brasil. São cerca de 440 parques eólicos que necessitam de ventos constantes para a geração de energia. Será que a meteorologia teria alguma explicação para isso?

O Nordeste é responsável por 85% da produção de energia eólica do Brasil.

Um levantamento feito pela Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica) mostra que o Nordeste é responsável por 85% do total de geração de eletricidade por meio de ventos. O Brasil possui em torno de 534 parques eólicos espalhados pelo território, e destes mais de 430 estão justamente posicionados sobre a região nordestina.

Os investimentos em energia eólica no país crescem como uma “intensa brisa do mar”, no ano de 2017 o Brasil passou o Canadá no ranking mundial de capacidade instalada da Global Wind Energy (GWEC) e agora ocupa o 8º lugar. A liderança mundial ainda está com a China. Leia mais…


Vale avalia meta de 100% de energia renovável em suas operações, diz fonte

A mineradora Vale tem avaliado definir uma meta para que toda demanda por eletricidade da companhia seja atendida por meio de energia renovável, o que poderia passar por investimentos em energia solar e eólica, disse à Reuters uma pessoa com conhecimento do assunto.

A estratégia seguiria um movimento de grandes empresas globais que já anunciaram objetivos de usar apenas energia limpa, como Coca-Cola, Facebook, AbInBev e outras gigantes.

Atualmente, a companhia já tem cerca de 60 por cento de sua demanda atendida com geração renovável própria, proveniente de usinas hidrelétricas em sua maioria, nas quais possui participação acionária. Leia mais…


Planta de energia solar é inaugurada na área do acidente de Chernobyl

Resultado de investimento de 1 milhão de euros, a Chernobyl Solar vai gerar energia suficiente para suprir 2.000 residências.

Diante da usina de Chernobyl, 3.800 painéis solares vão gerar 1 Megawatt – 05/10/2018 (Gleb Garanich/Reuters)

Ucrânia inaugurou uma usina solar em Chernobyl nesta sexta-feira (5), bem em frente da usina que provocou o maior acidente nuclear da história. Instalados em área altamente contaminada estão 3.800 painéis, que geram energia suficiente para 2.000 residências.

Chernobyl Solar será capaz de gerar 1 Megawatt. Trata-se de um projeto conjunto da empresa ucraniana Rodina e da alemã Enerparc AG, que custou cerca de 1 milhão de euros. Leia mais…


EDP ​​vai construir usina fotovoltaica de 5 MW para abastecer Banco do Brasil

A instalação de energia fotovoltaica, localizada na cidade de Januaria, deverá estar em funcionamento em 2019. Sua produção irá para a potência 58 dos escritórios do banco no estado.

A EDP Energias do Brasil SA (B3: ENBR3) e o banco nacional Banco do Brasil assinaram nesta quarta-feira um contrato para o desenvolvimento de um projeto fotovoltaico (PV) de 5 MWp no estado de Minas Gerais.

A instalação de energia fotovoltaica, localizada na cidade de Januaria, deverá estar em funcionamento em 2019. Sua produção irá para a potência 58 dos escritórios do banco no estado. Leia mais…


Quando o sol é a base de uma empresa: conheça a Solar21

Os três sócios da Solar21: Lucas, Ronaldo e Vinícius na sede da empresa, em Brasília.

Reduzir os gastos anuais de energia elétrica em até 30% utilizando o sol como fonte geradora e a custo zero para o cliente. Esta é a proposta da Solar21, startup de aluguel de placas solares, em operação há pouco mais de um ano no Distrito Federal e nos estados da Bahia e do Rio de Janeiro.

O negócio, que atualmente atende exclusivamente empresas e organizações, se responsabiliza pelo equipamento, instalação e manutenção, atuando no modelo de leasing, já consolidado nos Estados Unidos. Por lá, esta modalidade teve seu boom em 2012, na Califórnia, onde as empresas do setor são responsáveis por cerca de 1,6 milhão de instalações residenciais, sendo os três maiores players a Solarcity (atual Tesla Energy), Surun e VivintSolar. Leia mais…


Célula solar biogênica gera o dobro de energia mesmo com céu nublado

Célula solar biogênica

O segredo da biocélula está no licopeno, a mesma substância responsável pela cor do tomate. [Imagem: S. K. Srivastava et al. – 10.1002/smll.201800729]

Pesquisadores descobriram uma maneira barata e sustentável de construir uma célula solar usando bactérias que convertem luz em energia – uma biocélula solar.

A biocélula gerou uma corrente mais do que o dobro mais forte do que qualquer outro dispositivo desse tipo até agora, e funcionou de forma eficiente tanto sob uma luz equivalente ao brilho do Sol, quanto sob uma penumbra mais forte do que em um dia chuvoso.

Com o desenvolvimento necessário que deverá se seguir, essas células solares – chamadas de “biogênicas”, porque são feitas de organismos vivos – têm potencial para se tornar tão eficientes quanto as células fotovoltaicas usadas nos painéis solares convencionais. Leia mais…


Por que a conta de energia elétrica tende a aumentar

Geólogo diz que danos ao meio ambiente também devem ser maiores.

Foto: Divulgação

Presidente da Associação de Pequenas Centrais Hidrelétricas de Goiás (APCH), o geólogo Sevan Naves faz um alerta preocupante: a conta de energia elétrica deve aumentar. De acordo com ele, os danos ao meio ambiente também tendem a ser maiores.

Sevan Naves indica que a razão por trás disso está no aumento da demanda gerada pelo reaquecimento da economia. “Se a indústria começar a reagir como está reagindo, aumentará a demanda e faltará energia. Dessa forma, o preço ficará mais caro”, argumenta. Leia mais…


Casa do futuro: projeto que respeita natureza e gera economia já é realidade

O sonho de viver em uma “casa do futuro” parece cada vez mais possível no presente. Utilizando recursos naturais e técnicas de construção sustentáveis, as residências ecologicamente corretas já são uma realidade. Especialistas afirmam que, além de respeitar o meio ambiente, as moradias verdes podem ser eficientes, econômicas e, principalmente, mais saudáveis. Leia mais…


Petrobrás põe energia renovável no radar

Ação questiona os impactos sociais e trabalhistas da privatização Foto: Divulgação

Passado o pior momento da crise, a Petrobrás tenta agora recuperar o tempo perdido e dar os primeiros passos para investir em energias renováveis, como já fazem grandes petroleiras concorrentes. A empresa sabe que está atrasada, e diz ainda ter pouco fôlego para fazer os investimentos, mas vai incluir essa transição para um novo cenário ambiental no plano estratégico para os próximos cinco anos, que deve ser divulgado em dezembro. Leia mais…


Brasil já está entre os 30 maiores geradores de energia fotovoltaica

Tecnologia deve passar dos atuais 0,8% da matriz energética para 32% até 2040.

Painéis solares de geração fotovoltaica instalados na usina de Tanquinho, Campinas (SP), primeiro projeto da CPFL Eficiência – Divulgação

Um sistema formado por 5.124 placas solares, cobrindo uma área de mais de 10 mil metros quadrados, será responsável pela geração de energia do Cadeg (Centro de Abastecimento do Estado da Guanabara), no Rio.

Maior projeto do tipo no setor comercial do país, dá a dimensão do crescimento do sistema fotovoltaico, que antes ocupava a lanterna entre as fontes renováveis.

O fenômeno é global: é uma das fontes energéticas que mais crescem no mundo e deve receber um aumento de 17 vezes na capacidade instalada até 2040, segundo estudo da consultoria Bloomberg New Energy Finance.  Leia mais…


Petrobras vai explorar energia eólica em alto mar

Ventos oceânicos

Parque eólico oceânico da Equinor em Dogger Bank, no Reino Unido.[Imagem: Equinor]

A Petrobras e a empresa norueguesa Equinor (ex-Statoil) assinaram um memorando de entendimentos para o desenvolvimento conjunto de negócios para atuarem no segmento de energia eólica em alto mar (offshore) no Brasil.

A estatal já construiu uma planta piloto, com cata-ventos com capacidade de geração de 6 a 10 megawatts (MW). Eles serão instalados em Guamaré, no Rio Grande do Norte. Leia mais…


Painéis solares no escuro após o fim de incentivos

A lei mudou e mudaram, também, os paradigmas de utilização doméstica da energia gerada por fontes fotovoltaicas. Associações do setor queixam-se do modelo atual, que privilegia a poupança à possível receita obtida com os excessos produzidos. Um provável tiro no pé da aposta nas renováveis.

João Pereira, que vive nos arredores de Famalicão, instalou este ano um sistema fotovoltaico em casa. Foto: Miguel Pereira/Global Imagens

Os painéis fotovoltaicos são, já, paisagem habitual nas cidades portuguesas. Os custos mais baixos da energia solar, quando comparados com os cobrados pelas elétricas, justificam a adesão contínua verificada ao longo da última década. Ainda assim, a curva de crescimento tem registado um declínio considerável. E há um culpado, o decreto-lei 153/14.

A constatação é das associações do setor, que apontam as alterações legislativas levadas a cabo pelo anterior Governo PSD/CDS, liderado por Pedro Passos Coelho e com Jorge Moreira da Silva como ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia, como motivadoras do olhar de soslaio com que os consumidores miram agora a utilização do solar como fonte energética doméstica ou empresarial. Leia mais…


Eólica e Solar: O Futuro da produção energética no Brasil é a energia limpa

A previsão da Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) é a de que em até 2026, as energias solar e eólica passem a representar 18% da capacidade energética do país.

Os dados foram divulgados durante a 18ª Italian Energy Summit.

O Brasil é o terceiro maior produtor de energia renovável do mundo, depois da China e dos Estados Unidos e, segundo esta Agência, o país deverá investir pesadamente nos próximos anos nas energias eólica e solar. Leia mais…


O problema das autoestradas solares

Supostamente, cobrir uma autoestrada com painéis solares poderia ser uma revolução na geração de energia renovável, e foi essa a promessa implícita quando a tecnologia foi apresentada alguns anos atrás. Este post foi escrito para mostrar que elas custam muito caro, e ainda por cima contam com vários problemas, realmente é difícil entender por qual motivo alguém optaria por esta solução ao invés de uma usina solar, que além de custar muito mais barato, também é muito mais eficiente. Leia mais…


BNDES capta US$ 100 milhões com bancos japoneses para financiar energia renovável

Operação se deu no âmbito de uma linha que apoia projetos voltados à preservação do meio ambiente global.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) fechou um contrato de financiamento com os bancos japoneses Japan Bank for International Cooperation (JBIC), Mizuho Bank, Ltd e The Bank of Saga Ltd no valor de US$ 100 milhões (cerca de R$ 400 milhões). Leia mais…


Argentina constrói maior parque de energia solar do mundo em terras indígenas

A Argentina está construindo um parque de energia solar denominado Cauchari com financiamento do banco chinês Eximbank, a 4.200 metros acima do nível do mar, na Puna Argentina. O megaprojeto conta com a parceria das comunidades indígenas.

© Foto : Cortesia JEMSE

A ideia foi concebida pelo governo da província de Jujuy, uma província no extremo norte do país, na fronteira com a Bolívia e o Chile.

Mario Pizarro, secretário de Energia de Jujuy, conversou com a Sputnik Mundo sobre a concepção dessa obra, que prevê a construção de três parques de 100 MW cada um: Cauchari 1, 2 e 3. Leia mais…


Fontes alternativas de energia

Fontes alternativas de energia são opções energéticas que causam menos impactos negativos ao meio ambiente, como energia solar, energia eólica e energia da biomassa.

Fontes alternativas de energia, como as representadas na imagem, são uma possibilidade de energia limpa e de baixo impacto ambiental negativo.

Os modelos socioeconômicos atuais são baseados na sua dependência em relação aos combustíveis fósseis. A base energética da nossa sociedade é fundamentada no uso das chamadas energias convencionais: carvão, petróleo, gás natural e hidroeletricidade.

As fontes de energias convencionais têm causado grandes impactos negativos ao meio ambiente. Os modelos energéticos baseados no uso de combustíveis fósseis e seu processo de queima para obtenção de energia lançam à atmosfera gases poluentes que agravam o efeito estufa, aumentam o aquecimento global e alteram as condições climáticas de várias regiões. Esses modelos também são problemáticos porque são recursos não renováveis, e seu esgotamento já faz parte de intensos debates a respeito da necessidade de se ampliar a matriz energética por meio do uso de fontes alternativas de energia. Leia mais…


Brasilianas: energia solar como vetor de desenvolvimento do semiárido mineiro

Região em Minas que mais sofre com os problemas da seca poderá se beneficiar do potencial de insolação para o próprio desenvolvimento.

Foto: Euler Jr/Cemig

O sol que castiga pode ser também a energia para impulsionar o desenvolvimento dos municípios do semiárido mineiro. É o que acredita César Emílio Lopes Oliveira, secretário de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Sedinor), que apresentou as possibilidades de utilização da energia fotovoltaica nesta região, que se estende pela parte setentrional de Minas, durante o painel “Desenvolvimento sustentável: energias renováveis e PCHs”, realizado no âmbito do fórum “O modelo do setor elétrico brasileiro e o papel da Cemig”, pela Plataforma Brasilianas, nesta quarta-feira (19), em Belo Horizonte. Leia mais…