Category: Custos

Como é feita a cobrança de impostos?

O único imposto que incide sobre os seus “créditos de energia” é o ICMS. (Em alguns estados, como Minas Gerais, os créditos são isentos de ICMS). Basicamente, quando você injeta a energia em excesso na rede elétrica e gera os seus créditos, o imposto de ICMS vai incidir sobre os créditos assim reduzindo um pouco a quantidade que você “acumula”.

Qual o cenário atual da energia fotovoltaica no Brasil?

No Brasil, o potencial de energia fotovoltaica é imenso, dados seus altos índices de radiação solar. Atualmente, os governos e as concessionárias de serviços públicos são os principais investidores, utilizando painéis fotovoltaicos em sinalização, fiscalização rodoviárias, iluminação pública, telecomunicações e outros. O projeto federal Luz Para Todos, que visa levar energia elétrica para comunidades isoladas e carentes, também faz amplo uso da energia fotovoltaica.

No entanto, os sistemas fotovoltaicos Grid-Tie ainda são uma grande novidade. Os dois principais obstáculos têm sido o custo de compra e a falta de uma política oficial de subsídios. O primeiro já está sendo ultrapassado, graças ao avanço da tecnologia, que tem reduzido o custo e aumentado a eficiência dos painéis fotovoltaicos. Já o segundo depende da vontade política dos governantes e da conscientização da sociedade, o principal fator de pressão junto ao poder público.

As perspectivas do setor no Brasil, porém, são otimistas, e espera-se que em breve o país conte com legislação que defina incentivos à instalação de sistemas fotovoltaicos residenciais e comerciais, assim como a venda de energia fotovoltaica à rede elétrica por parte dos usuários.

Em quanto tempo terei retorno no meu investimento? (Payback)

Entre 4 e 9 anos, de acordo com a região e com o local que o sistema será instalado. Com estes constantes aumentos na conta de luz muito provavelmente o investimento se pagará em ainda menos tempo. Depois que a energia solar se paga você terá energia grátis!

Existem incentivos e linhas de financiamento para energia solar fotovoltaica?

Infelizmente os incentivos ainda são escassos no Brasil. Existem programas como o PROESCO (para empresas que buscam maior eficiência energética, o PRODEM (para levar energia a áreas remotas) e o Fundo Clima (voltado à geração de energia para distribuição). Além desses, existem outros incentivos e programas regionais, para fabricantes e também consumidores. No entanto, a maioria desses incentivos é de difícil acesso ou de pouca aplicabilidade, sendo muito pouco utilizados se comparados ao potencial desta tecnologia. Existe a expectativa de que novos incentivos surjam nos próximos anos, atualizados e específicos para energia solar fotovoltaica.

Quanto custa um sistema completo de energia solar fotovoltaica?

O custo do sistema depende do seu tamanho e equipamentos selecionados, que por sua vez dependem da quantidade de energia necessária e das características do local da instalação. Um sistema completo e instalado pode custar em média entre 7.000,00 e 15.000,00 R$/KWp