Aposentado investe em energia solar e comemora economia de R$ 300 por mês na conta: ‘Melhor que poupança’

Gasto mensal passou para R$ 33, segundo o morador de Sorocaba (SP). Especialista afirma que valor da compra de painéis e instalação caiu pela metade nos últimos anos, o que tem atraído mais clientes.

Casal Raimundo e Marina economiza mais de R$ 300 por mês na conta de energia elétrica (Foto: Reprodução/TV TEM)

Todo o dinheiro recebido com a aposentadoria foi investido na compra de placas de energia solar. Esta foi a decisão tomada por Raimundo Manoel Rodrigues, morador de Sorocaba (SP), que preferiu gastar os R$ 20 mil para reduzir a conta da energia do que deixar o dinheiro parado no banco.

“Se a gente pegasse, por exemplo, 20 mil reais e colocasse na poupança, ia render R$ 100 mês. A gente investiu na energia e está economizando R$ 300 por mês”, afirma.

Agora, a máquina de costura da esposa do aposentado não para, e a única preocupação de Marina Rodrigues é com os prazos de entrega das peças. A explicação para ao alívio dela está em cima da casa, onde os painéis de energia solar foram instalados.

“Tem dia que uso o ferro o dia inteiro e a conta [de energia] só vem o mínimo de R$ 33 reais”, diz.

Quem trabalha com a instalação desse sistema já percebe a mudança no perfil de quem procura o serviço. Os equipamentos estão ficando mais acessíveis e, atualmente, já somam 15 mil instalações em várias regiões do Brasil.

“Diria que hoje você compraria pela metade do preço de quando os sistemas começaram a ser implantados, em 2012”, diz o especialista em instalação, Luiz Cláudio Rosa. De olho nesse mercado, uma das maiores distribuidoras de energia elétrica no interior de São Paulo criou uma empresa só para a instalação dos painéis fotovoltaicos.

“Toda a energia gerada que você não consome, devolve para a distribuidora e, quando você precisar, por exemplo, à noite, que não está gerando, a distribuidora te devolve essa energia em forma de crédito”, explica Márcia Mantovani, gerente de mercado da empresa.
Painéis fotovoltaicos estão com preços mais acessíveis no Brasil (Foto: Reprodução/TV TEM)

No hospital do Banco de Olhos de Sorocaba (BOS), onde são feitos 2 mil atendimentos por mês, a maior parte pelo Sistema Único de Saúde (SUS), a energia do sol tem sido muito bem-vinda.

No topo do prédio foram instalados mais de 180 painéis de energia solar. Após o investimento, a conta caiu de R$ 5,5 mil para R$ 1 mil por mês.

De acordo com o superintendente do BOS, Edil Vidal de Souza, a alternativa é importante para poupar os recursos. “O que nós economizamos, hoje podemos reinvestir na própria instituição e melhorar ainda mais o atendimento”, afirma.

Fonte: G1