Ceará terá centro de certificação de energia fotovoltaica

Com a economia em recessão e a disparada do crescimento da área de energias renováveis, principalmente a solar, tem surgido uma preocupação: a qualificação das pessoas responsáveis pela instalação das placas fotovoltaicas e a minimização de riscos nas instalações.

O Senai-CE já treinou quase 300 pessoas para a realização desse trabalho, mas muita gente tem se aventurado pelo setor, sem o preparo necessário. Para tentar resolver o problema, as empresas da área vêm solicitando mais treinamentos.

Em resposta a essa demanda, o presidente do Senai-CE, Paulo André Holanda, deve lançar em agosto o Centro de Certificação de Energia Fotovoltaica, na Unidade do Senai na Barra do Ceará. O Estado será o segundo do País a instalar esse tipo de qualificação; até o momento, esse tipo de curso é ministrado apenas em São Paulo.

O Centro passou por uma avaliação da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e cumpriu os requisitos legais exigidos pela auditoria. A data da solenidade de inauguração depende de acertos com a agenda do presidente da Fiec, Beto Studart.

PAINÉIS SOLARES

QUALIFICAÇÃO DE MONTADORES

O Senai-CE já oferece cursos de qualificação e aperfeiçoamento de montadores de sistemas fotovoltaicos na Barra do Ceará, com aulas teóricas e práticas. São ministrados: treinamentos com qualificação técnica de 160 horas; aperfeiçoamento de montagem de sistemas (60 horas); e cursos para o dimensionamento de sistemas fotovoltaicos (também como aperfeiçoamento).

Paulo André Holanda explica que esses trabalhos serão expandidos. No próximo semestre chegará a Juazeiro e, em 2019, a Sobral.

SOLAR

ENERGIA DO FUTURO

O consultor Jurandir Picanço assumiu, esta semana, cadeira no conselho consultivo da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), considerada uma das entidades de maior influência do segmento. A instituição tem boas articulações junto a empresas, órgãos financiadores e governos, e possui grandes desafios. Um deles é contribuir de forma efetiva nesse processo de mudança de matriz na geração de energia.

“A energia solar do futuro vai ultrapassar a hidrelétrica e a eólica, com custos cada vez menores”, ressalta. Nesse processo, são necessários cuidados na formação de pessoal. “O risco é grande para pessoas sem habilitação, para montar painéis com alta tensão em telhados. Podem acontecer acidentes e incêndios, enquanto uma instalação bem-feita não tem risco nenhum”, alerta.

CONJUNTURA

DO SONHO AO PESADELO

Dois passos para trás. Como disse a economista Laura Carvalho, no livro “Valsa Brasileira”, o País tem andando para trás. Até quem apostou em uma recuperação esse ano tem se decepcionado com a estagnação e os retrocessos.

No mercado financeiro, tem gente dizendo que não espera mais para esse ano nenhum lançamento do IPO, em função da ampliação das incertezas com a proximidade das eleições.

CONGRESSO

PAUTA DOS ATACADISTAS

O setor atacadista tem uma agenda forte de projetos no Congresso Nacional. Na pauta do segmento estão pontos como: segurança jurídica na relação comercial entre revenda e distribuição; comercialização de medicamentos isentos de prescrição em supermercados e estabelecimentos similares; instituição de normas para regulação do transporte rodoviário de cargas; e alteração do Código Tributário Nacional para tratar sobre a exigência de obrigação acessória.

Esta semana, representantes da Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores de Produtos Industrializados (Abad) e o presidente da Associação Cearense dos Atacadistas e Distribuidores (Acad), Jocélio Aguiar Parente, tiveram reunião com o deputado federal Raimundo Gomes de Matos (PSDB-CE), membro da frente parlamentar que defende o setor, para tratar desses assuntos.

REFIS DO SIMPLES

PRAZO PARA ADESÃO TERMINA SEGUNDA-FEIRA

O prazo para adesão ao Refis do Simples (Programa Especial de Regularização Tributária das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte Optantes do Simples Nacional Pert-SN) termina na próxima segunda-feira, às 21 horas. As inscrições são realizadas exclusivamente pela internet, através do portal do Simples Nacional ou via portal E-CAC da Receita Federal.

Há vários benefícios no programa. Um deles é a redução de 90% dos juros de mora e de 70% das multas de mora para os débitos liquidados integralmente.

ALVARÁS

MEDIDAS JURÍDICAS DO COMÉRCIO

Na próxima segunda-feira, a Fecomércio-CE e os seus 33 sindicatos, que representam 150 mil empresas do comércio, bens e turismo, devem anunciar medidas jurídicas contra o novo Código Tributário de Fortaleza. Ontem, os lojistas lançaram mais uma nota contra as mudanças na lei, chamando atenção para o aumento nas taxas dos alvarás.

Fonte: O Povo