China vai ter a maior central de energia solar flutuante a nível mundial

A empresa estatal China Three Gorges prevê ter em pleno funcionamento, em Maio de 2018, a maior central de energia solar flutuante do mundo, na província de Anhui, no leste da República Popular da China, foi ontem noticiado.

De acordo com a empresa, principal accionista da EDP, a central vai ter capacidade para satisfazer a procura de electricidade de cerca de 94 mil casas.

A central, de 150 megawatts e instalada na superfície de um lago formado após o desmantelamento de uma mina de carvão, começou a ser construída na localidade de Huainan, em Julho, e tem um investimento de cerca de mil milhões de yuan.

A China Three Gorges estimou que a entrada em pleno funcionamento da central represente uma poupança de cerca de 53.000 toneladas de carvão por ano, o que permitirá reduzir a emissão de dióxido de carbono em 199.500 toneladas.

Fonte: Ponto final