Cresce a procura por energia sustentável em Araucária

Placas são instaladas no telhado para captar a luz solar

A preocupação com a sustentabilidade e a geração de energia renovável cresceu muito nos últimos tempos e também está chegando com força em Araucária. A energia solar se expande mais rapidamente do que qualquer outra fonte de combustível. Segundo uma empresa do ramo que atua na cidade, a procura por orçamentos tem crescido, no entanto, devido ao valor final, nem todos fecham o projeto. “O problema é que o cliente ainda não consegue avaliar as vantagens que o sistema proporciona a longo prazo, ele quer um retorno imediato. Mas se ele consegue estabelecer o custo-benefício do sistema de captação da energia solar, fecha negócio na hora”, argumenta o responsável técnico da empresa.

Para que as pessoas consigam entender melhor os benefícios da energia solar, ele exemplifica o caso de um de seus clientes. “O cliente instalou recentemente um sistema e investiu 16 mil no kit instalado. Até então ele tinha este valor aplicado na poupança, rendendo em média R$ 50,00 por mês. Investindo em energia solar ele reduziu a fatura de energia de R$ 320,00 para R$ 80,00, ou seja, no primeiro mês de geração já teve um rendimento com a economia da fatura de energia de R$ 240,00. A aplicação bancária dele rendia no máximo R$ 50,00 por mês e a energia solar rendeu R$ 240,00 no mesmo período. “Pensando um pouco mais adiante, em seis anos a aplicação em poupança iria ter um rendimento médio de R$ 3.600,00, enquanto com a energia solar ele terá um rendimento médio de R$ 17.280,00, então o sistema já terá devolvido todo o valor investido e ainda terá o mesmo benefício por um período médio de 25 anos. Isso sem considerar as futuras inflações que terá na fatura de energia, que quanto mais caro ficar, maior ainda será o retorno do investimento. E esta é a vantagem que temos mostrado aos clientes, e se contratarem a empresa, ainda terão o suporte desde o projeto, até a instalação de equipamentos e a homologação junto à Copel”, esclarece.

Ele lembra ainda que ao optar pelo serviço, o cliente ainda terá o benefício de pagar a taxa mínima de energia por um período médio de 30 anos, que é a durabilidade média de um sistema de energia fotovoltaica (energia obtida através da conversão direta da luz em eletricidade), isso sem contar que estará ajudando o planeta utilizando uma energia limpa e de fonte inesgotável de energia, o sol. “O retorno médio de seis anos se aplica a residências, quando se trata de uma empresa com grande consumo de energia, o retorno se recupera em média quatro anos e meio. Importante ressaltar que não podemos instalar o sistema para tentar zerar a fatura, porque não é possível se livrar da taxa mínima de energia cobrada pela Copel”, acrescentou.

Cliente que optou pelo sistema já vê benefícios

Quando maior a potência do equipamento, maior a economia de energia

Vadislau Rodakoski, que instalou o sistema há cerca de dois meses, diz que já está vendo resultados. Ele relata que quando teve a ideia de optar pela energia solar, buscou informações pela região na esperança de encontrar alguma residência que pudesse dar referências sobre custos X benefícios, porque também estava preocupado pelo fato de a região ter longos períodos sem sol. Até que conheceu a empresa que atua no ramo em Araucária e tirou as suas dúvidas.

“Resumindo, fechei o contrato e com apenas dois meses de utilização das placas solares já percebi uma redução considerável na conta de luz, mesmo tendo passado um período longo sem sol no primeiro mês, as placas geraram energia, e estamos otimistas diante aos dias mais longos de sol que ainda teremos. Instalei um sistema com oito placas e recomendo, porque apesar de ser um investimento alto no Brasil, dá retorno sim. E o sistema se torna ainda mais vantajoso quando se analisam os benefícios para o planeta, de optar por uma energia sustentável, que não causa danos ao meio ambiente”, justifica.

Vadislau ainda faz um comparativo, afirmando que antes pagava em média R$ 350,00 de energia e hoje paga R$ 145,00, ou seja, R$ 205,00 a menos. “Qual aplicação no valor de R$ 14.000,00 lhe renderia esse valor mensalmente?”.

Fonte: O Popular PR