Curso de formação para multiplicadores em energia renovável

Embrapa
Pesquisadores da Embrapa Agroenergia falaram sobre biogás e biodiesel com os extensionistas. Capacitação ainda tem conteúdo sobre energia solar e eólica.

Energia eólica e solar, produção de biogás e participação no programa de biodiesel são os temas debatidos no curso de formação de multiplicadores em energia renovável na agricultura familiar promovido pela Embrapa Agroenergia, Secretaria

Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário do Governo Federal e Emater/DF. O objetivo é capacitar os técnicos da Emater para orientar os agricultores familiares quanto a utilização das diversas fontes de energia renovável.

As energias renováveis são uma nova forma de produzir energia sem prejudicar o meio ambiente. Com a energia solar, podemos gerar energia para residências a partir das placas foto voltaicas instaladas nos telhados das residências. Ao todo temos seis tipos de energia renováveis dentre elas: Solar, eólica, energia hidráulica, maremotriz, biomassa e energia geotérmica.

Na parte da manhã o foco foi a energia a partir da biomassa, como o biodiesel e o biogás. Em relação ao biogás uma das dúvidas dos participantes foi o tamanho do biodigestor e o seu custo. Segundo a pesquisadora da Embrapa Agroenergia Sílvia Belém, identificar em cada propriedade qual a melhor energia renovável a ser utilizada. “O projeto de Cristalina/GO consiste nisso, visitamos vários projetos de assentamentos e serão colocados energia solar e biogás”.

A tarde começou com Marco Pavarino da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário do Governo Federal. Ele explicou como a agricultura familiar participa do programa Nacional de Produção e uso do biodiesel por meio do Selo Combustível Social. Logo após, foi montado o experimento de energia eólica e solar com irrigação do plantio de cana-de-açúcar na Embrapa Agroenergia.

Para aqueles que desejam participar, recomendamos entrar em contato com a Daniela Collares da Embrapa (pelo endereço agroenergia.imprensa@embrapa.br  ou telefone (61)3448-1581) para as próximas edições do evento, que deve se repetir em breve.

Fonte: Jornal Agora MS