Custo da energia solar atinge mínimos históricos nos EUA

A energia solar poderá ser a principal fonte de eletricidade nos Estados Unidos a médio prazo, se o custo de produção continuar a descer como tem acontecido até agora. O custo de produção de centrais com painéis solares caiu 30 por cento no último ano, graças à expansão de terrenos de grandes dimensões cobertos com estes materiais.

The largest photovoltaic solar power plant in the United States is located at Nellis Air Force Base, Nev. The array is made up of about 70,000 panels spread over more than 140 acres. When completed, the solar arrays will produce 15 megawatts of power. (U.S. Air Force photo/Master Sgt. Jack Braden)

A indústria americana de energia beneficiou bastante no último ano do excesso de produção de painéis solares na China, comprando este material a preços bastante reduzidos. Desta forma, o preço médio por watt caiu para $1,03 (0,88 €) com painéis fixos e $1,11 (0,95 €).

O Departamento de Energia dos governo americano já cumpriu os objetivos previstos para a redução de custo da energia solar, que estavam previstos para 2020. As firmas produtoras de eletricidade estão a fazer grandes investimentos nesta área, o que poderá ajudar a reduzir ainda mais o preço. A longo prazo, os Estados Unidos poderão fazer parte de uma lista de 139 países que poderão depender exclusivamente de energia solar para produzir eletricidade, até 2050.

Fonte: Motor 24