Empresa espanhola investirá R$ 313 milhões no Piauí

A fatia da participação no projeto foi adquirida por intermédio do Grupo Gransolar.

A multinacional espanhola de energia renovável Gás Natural Fenosa, através da sua filial Global Power Generation, anunciou a aquisição da participação majoritária nas plantas dos projetos das usinas Sertão I e Sobral I, que serão desenvolvidos no Piauí. A empresa indicou que os investimentos aplicados na consecução do projeto em âmbito estadual chegarão a aproximadamente R$ 313 milhões (85 milhões de euros), este é o primeiro projeto de geração de energia da companhia no país.

A fatia da participação no projeto foi adquirida por intermédio do Grupo Gransolar, em tal âmbito, a perspectiva é que as usinas de energia fotovoltaica comecem a operar no segundo semestre do próximo ano. A faixa de comercialização do preço da energia produzida pela empresa no Piauí devem ficar na faixa de 302,50 e 304,20 R$/MWh.

O investimento comprova o bom momento do setor em âmbito estadual, recentemente, o secretário de Mineração Luís Coelho (PHS) fez uma previsão do andamento dos projetos de energia renovável no Piauí. “Sinto que hoje o Piauí caminha para ser um grande produtor de energia limpa na eólica e também na solar”, disse. O governador piauiense Wellington Dias (PT) também sempre demonstra otimismo com o andamento do setor no Estado, objetivando o reflexo do desenvolvimento na geração de emprego e renda nos municípios. “Vamos observar que o Piauí será em breve um dos maiores produtores de energia do país, nós já temos a maior usina, vamos ser o maior produtor de energia solar, somos o quarto em energia eólica e acho que temos condições de ganhar posições nessa área, gera emprego, gera renda para o Estado, gera divisas, está sendo organizada a política fiscal para poder também gerar uma receita maior”, defende o governador.

Fonte: Meio Norte