Energia fotovoltaica ganha força em SC com apoio do BRDE PCS

Além da preocupação em trabalhar com madeira de reflorestamento, a empresa deu mais um grande passo para o desenvolvimento sustentável | Foto EBC/Divulgação

Desde outubro, a cidade de São Bento do Sul, no Norte catarinense, conta com a maior usina autoprodutora de energia fotovoltaica do estado instalada em telhado de uma indústria. A realizadora desse marco é a Móveis Paulo, que atua há mais de 40 anos no setor, com negócios pelo mundo.

Além da preocupação em trabalhar com madeira de reflorestamento, a empresa deu mais um grande passo para o desenvolvimento sustentável, se tornando a maior usina autoprodutora de energia fotovoltaica em uma indústria.

O projeto é resultado da parceria com a Tera Energia, que garantiu a aquisição dos melhores equipamentos para a realização do projeto, além do monitoramento sobre a geração de energia. Nesta colaboração inovadora, diferentemente dos acordos de compensação, a Móveis Paulo vai gerar energia para consumo próprio e vender os excedentes para a Celesc, que entregou o parecer técnico de acesso à empresa.

O financiamento desse sistema foi possível por meio dos recursos da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) captados pelo Programa BRDE PCS, que no ano passado obteve cerca de 50 milhões de euros para projetos com foco em sustentabilidade.

* Com informações da Assessoria de Comunicação

Fonte: OCP News