Energia fotovoltaica se torna opção para empresas do varejo

Além de sustentável, produzir a própria energia é uma solução econômica.

Foto: DINO

Sustentável e econômica, a energia renovável está cada vez mais na pauta de empresas do varejo. Prova disso é que muitos empreendedores estão apostando na força do sol em favor de seus negócios. A rede de farmácias Pague Menos, por exemplo, fechou um acordo com a ForGreen Energia Renovável para o abastecimento de 160 lojas da marca com energia fotovoltaica. As lojas contempladas estão nos Estados de São Paulo, Espírito Santo, Paraná e Santa Catarina.

Os projetos estão em fase de pré-execução e, em breve, começará a instalação das usinas. Os painéis são capazes de converter a energia solar em elétrica para suprir 100% do consumo das lojas. A potência total das usinas será de 4MW e o projeto vai demandar 476 mil kWh por mês. O excedente será transmitido para a rede de distribuição de cada concessionária de energia local para compensação do consumo quando o sistema fotovoltaico não estiver produzindo.

O desafio é grande, uma vez que uma usina para cada área de concessão nos quatro Estados terá que ser construída. Assim, serão quatro usinas em São Paulo (Eletropaulo, CPFL, EDP e Elektro), uma no Espírito Santo (EDP energia), uma no Paraná (Copel) e uma em Santa Catarina (Celesc).

O projeto engloba 12 mil painéis e pode ser ampliado. A economia projetada para a Pague Menos na conta de energia elétrica é de R$ 310 mil por mês com a iniciativa. “A tarifa de energia é uma preocupação para grandes empresas e a rede viu na geração própria uma oportunidade de contrapartida para seus investidores. Esse é um caminho que deve ser seguido por muitas empresas em um futuro próximo”, avalia Antônio Terra, diretor da ForGreen. A empresa foi fundada em 2013 e atua na geração de energia renovável, sobretudo a energia solar fotovoltaica, se destaca como referência na produção de energia limpa.

A rede Pague Menos é de Fortaleza (CE) e está entre as maiores redes de farmácia do país, com cerca de mil lojas e plano de expansão para 400 novas unidades neste ano. Segundo a Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), a rede Pague Menos figura na terceira colocação na categoria “maior faturamento no varejo farmacêutico”.

Fonte: Terra