Engie fecha venda de eólicas e hidrelétrica à CEP

A operação foi consagrada pela liquidação financeira da primeira das três parcelas de pagamento pelos ativos, no valor líquido de cerca de R$ 322 mi.

Engie: a transação envolveu a pequena hidrelétrica Areia Branca, de 20 megawatts, em Minas Gerais (Jacky Naegelen/Reuters)

São Paulo – A Engie Brasil Energia anunciou nesta terça-feira o fechamento da venda de dois parques eólicos e uma pequena hidrelétrica à Companhia Energética de Petrolina (CEP), transação originalmente anunciada em dezembro, disse a empresa em fato relevante.

De acordo com a controlada do grupo francês Engie no Brasil, a operação foi consagrada pela liquidação financeira da primeira das três parcelas de pagamento pelos ativos, no valor líquido de cerca de 322 milhões de reais.

“A companhia reafirma que a operação integra a estratégia de rotação e otimização de seu parque gerador, de forma a permitir a expansão em ativos que ofereçam maior grau de sinergia entre si”, disse a Engie no comunicado.

A transação envolveu a pequena hidrelétrica Areia Branca, de 20 megawatts, em Minas Gerais, a eólica Beberibe, de 26 megawatts, no Ceará, e a eólica Pedra do Sal, de 18 megawatts, no Piauí.

Fonte: EXAME