Escola em Cuiabá funciona com energia solar e secretário planeja implantação em creche

O prefeito Emanuel Pinheiro e o secretario Municipal de Educação, Alex Vieira Passos entregaram na manhã desta sexta-feira (17), as obras de revitalização da escola EMEB Francisval de Brito, localizada no bairro Coophamil, em Cuiabá.  A unidade passou por revisão no sistema elétrico, cobertura e foi a primeira pública de Mato Grosso a receber placas solares, que irão produzir energia limpa.

Ao Olhar Direto, o titular da pasta afirmou que as placas também deverão ser implantadas na Creche Municipal Inocêncio Leocadio da Rosa, localizada no residencial Paiaguás, próximo da MT-251, rodovia Emanuel Pinheiro.

Na escola do bairro Coophamil foram realizados reparos, troca de pintura – inclusive da quadra poliesportiva, recuperação de parte do muro que havia sido danificado e substituição das lâmpadas pelo tipo LED, que são mais econômicas.  A unidade atende 600 alunos, do 1º ao 6º ano.

A instalação do equipamento, um sistema de alta tecnologia, irá trazer um impacto positivo na gestão da unidade escolar, diminuindo o  consumo de energia. A expectativa dos gestores é de que a iniciativa traga também um impacto positivo no trabalho pedagógico junto às crianças, com a abordagem de temas ligados ao meio ambiente, utilização de fontes sustentáveis e educação ambiental.

A unidade escolar foi à escolhida como piloto para receber uma iniciativa da gestão Emanuel Pinheiro e que vai impactar positivamente a instituição em questão. “É um projeto piloto, que a Prefeitura Municipal por meio da Secretaria de Educação tá implantando. Vale ressaltar que é a primeira escola pública do Estado de Mato Grosso a receber uma usina de energia, e nós já estamos colhendo frutos. Não só financeiros, já tivemos frutos financeiros, 30% na redução de energia, mas também é a educação ambiental. Nossas crianças estão podendo ver como é a energia do futuro. Isso é o que mais está valendo a pena no projeto piloto, que estamos fazendo”, afirmou Sales.

O chefe do Executivo municipal explicou que a reforma “é o nosso compromisso com nossas crianças, nossos alunos, com os profissionais da educação, é um compromisso com uma educação pública de qualidade, humanizada, com escolas que tenham estruturas descentes. Estamos fazendo um grande programa de revitalização, de reforma, restauração, ampliação e até reconstrução das unidades escolares para que possamos dar condições dignas de trabalho aos profissionais da educação e possamos tratar com carinho, respeito e humanização com as nossas crianças. Além disso, um compromisso com a sustentabilidade, que já estamos aplicando em outras áreas da gestão, transporte coletivo, por exemplo, com as estações e pontos de ônibus com energia solar”.

A iniciativa está incentivando uma série de projetos dentro da unidade, voltados à sustentabilidade, com o envolvimento dos alunos e de toda a comunidade escolar. “E para ano que vem vamos analisar como vai ser os resultados disso, a manutenção disso, para poder implantar nas demais unidades. É a semente sendo lançada”, pontuou o secretário de Educação.

Fonte: Olhar Direto