Geração de energia solar residencial cresce 90% em Ribeirão Preto

Em 2018, haviam 217 residências com o sistema instalado; neste ano, número subiu para 414.

Em 2019, 197 novas casas receberem conexões de energia solar na cidade

Atualmente, Ribeirão Preto tem 414 casas que usam a energia solar por meio de painéis fotovoltaicos, de acordo com dados disponibilizados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Estes números foram retirados da última contagem feita pela agência, no dia 26 de setembro de 2019, e mostram um aumento de 90% em relação ao total de unidades residenciais que tinham o sistema em 2018. Só neste ano, 197 novas casas receberam essas conexões na cidade.

A energia solar fotovoltaica é produzida por módulos ou painéis que absorvem a luz proveniente do sol e a transformam em energia elétrica que é diretamente usada nas funcionalidades da residência.

De acordo com Adriano Henrique da Silva, proprietário da Cia Luz – empresa de Ribeirão Preto que está entrando no ramo de energia solar –, o sistema fotovoltaico oferece diversas vantagens aos consumidores. “Quem faz uso deste sistema terá uma economia de energia que pode chegar até 90% no valor do conta. Além do mais, a pessoa estará contribuindo para uma geração de energia limpa e sustentável”, comentou.

Essa economia foi percebida por Cristina Cerne, moradora da Zona Sul de Ribeirão Preto, que conta com o sistema de energia solar em sua casa. “Resolvi fazer a mudança para a geração de energia solar por ter a expectativa de praticamente zerar a conta e, consequentemente, compensar o investimento feito a médio prazo. Após efetivamente fazer o uso, consegui perceber uma redução considerável na conta”, comentou.

O proprietário da Cia Luz salientou, ainda, que o sistema fotovoltaico pode ser aplicado não apenas em casas, mas também em empresas e comércios. Segundo a Aneel, além das residências, Ribeirão Preto conta com 51 estabelecimentos comerciais, um industrial, um do poder público e um na zona rural, que fazem o uso deste tipo de energia.

Para o funcionamento deste sistema, a única coisa imprescindível é o sol. E, neste quesito, toda a região de Ribeirão Preto conta com um clima totalmente favorável para a geração de energia fotovoltaica, pois o sol tem uma radiação forte em grande parte do ano, e o período de chuvas é pequeno.

Investimento

Em relação ao valor que o cliente deve investir para ter esse sistema em sua casa ou negócio, Silva pontua que dependerá do consumo de energia do proprietário e da quantidade de energia que ele pretende gerar.

“Para saber o custo médio da implantação do sistema, é preciso realizar um cálculo do consumo para ter uma noção exata da quantidade de módulos e inversores que serão utilizados para a geração de energia. Só assim é possível calcular o investimento que deverá ser feito para implantar o sistema”, declarou.

Fonte: Revide