Goiânia sedia curso sobre energia solar

Academia Solar realiza capacitação de profissionais para projetar, instalar e manter painéis solares.

Goiania_Painel_Solar

Há anos, cientistas cobram da humanidade o investimento em energia renovável e ecologicamente correta, mas só agora investir em energia limpa começa a ficar acessível para empresas e pessoas físicas. Com isto em mente, a Academia Solar irá sediar um curso de uma semana em Goiânia para que as pessoas interessadas aprendam tudo o que precisam sobre energia solar para investir nessa ideia não apenas como forma de economizar, mas também como possibilidade de mercado.

Desde 2012, o consumidor pode gerar sua própria energia elétrica a partir de fontes renováveis passando o excedente para a rede de distribuição local. Isto entrou em vigor graças à RN 482/2012 da Aneel, permitindo a geração distribuída de energia no Brasil.

“A possibilidade do cidadão ou empresário gerar a própria energia elétrica renovável lhe permite reduzir a sua conta de energia e passar a energia que sobra na rede elétrica da companhia estatal durante o dia e a empresa devovle a energia para o consumidor à noite pela distribuidora”, explica o engenheiro Carlos Faria, que é quem irá ministrar o curso da Academia por aqui.

Ele destaca que é um mercado recente, que começou em 2012, e que ainda tem muito a crescer: “é um dos que tem a maior taxa de crescimento pelo mundo, se duplicando a cada dois anos pelo globo. No Brasil esse ritmo é mais rápido. Ano passado o Brasil tinha 2000 instalações e este ano já vai para 7000, 8000, se multiplicando por três ou quatro”.

De fato: Goiás possui apenas cerca de 70 usinas solares e é o 14º Estado da União no ranking da energia solar. Ou seja, ainda há muito espaço para crescer.

Para Carlos, o crescimento do mercado e a possibilidade de economizar na conta de luz já são justificativas o suficiente: “Por si só, estes já são bons motivos para cidadãos e empresários participarem do nosso curso de treinamento para conhecerem, se aprimorarem e entenderem como funciona esse projeto, como registrá-lo nas companhias distribuidoras, como instalar, como encontrar os bons equipamentos e, como é uma tecnologia que dura 25 anos por garantia, ela precisa ser cuidada, mesmo tendo baixo custo de manutenção”.

Segundo um engenheiro, se uma pessoa investir hoje em um painel solar para sua casa, em quatro ou seus anos ele recupera o custo. “É o prazo em que ela recupera tudo o que investiu na tecnologia e depois tem mais de 20 anos com um custo marginal, quase zero. É a oportunidade das pessoas conhecerem a energia solar, temos mais de 1500 ex-alunos pra gerar negócios, trabalhos, cooperação, então é um mercado atratativo e é interessante se preparar para ele”.

E a energia solar individual não é a única abordagem. Outra possibilidade interessante são as usinas coletivas: “as pessoas se reunem e montam uma usina sem ser no telhado de uma pessoa só. Por exemplo, em uma área muito urbanizada, verticalizada, cheia de prédios, os moradores podem investir juntos em uma usina instalada em um lote e esta usina irá produzir energia que será dividida pelos investidores. É uma ótima opção para quem não possui uma área de telhado significativa para tirar vantagem da energia solar”.

Mas afinal, quanto eu posso abater da minha energia elétrica? “Depende do tamanho do seu telhado. Tem casa e empresa que consegue gerar energia o suficiente para reduzir em 95% a sua conta de luz já que é um telhado grande, ensolarado, sem sombras. Outras conseguem gerar 20%. Mas qualquer redução de despesas já é um bom negócio. Nós vamos ensinar como simular a usina em softwares computacionais, como dimensionar quanta energia determinado pode gerar e como otimizar os seus painéis para eles gerarem bem”.

Ele explicou que este curso possui uma abordagem mais abrangente e que no ano que vem eles darão um curso prático de montagem e instalação: “Com a Rota Solar 2017 vamos começar a fazer os cursos práticos. Este curso ainda é teórico, embora fale sobre o dia-a-dia, no ano que vem vamos fazer um curso puramente de montagem para formar bons instaladores”.

Local: Estácio de Sá
Data: 05/12/16 a 09/12/16 (segunda a sexta)
Horários: Turma – 18h00 às 22h00
Inscrições: http://studioequinocio.com.br/produto/curso-projetos-de-sistemas-de-microgeracao-solar-fotovoltaico-goiania-noite/
Quanto: R$ 800 (R$ 650 para estudantes)
Mais informações sobre o curso, inscrições no e-mail academiasolar@studioequinocio.com.br e telefones (31) 984550756 / (11) 38533244

Fonte: Mais Goiás