Hyundai e Kia vão ter painéis solares fotovoltaicos para recarregar bateria

O grupo coreano Hyundai-Kia está a finalizar o desenvolvimento de três sistemas diferentes de carregamento solar para modelos híbridos, elétricos e com motores de combustão interna. Esta aposta acarreta menos constrangimentos ao nível da autonomia e proporciona diminuir os custos de utilização.

A partir do ano 2019, alguns modelos da Hyundai e da Kia vão incorporar tejadilhos com painéis solares fotovoltaicos que permitirão recarregar as baterias.

Esta ideia está a cativar um número crescente de adeptos e aproxima-se da realidade, sendo uma aposta para todos os tipos de propulsão, naturalmente, com tarefas diferentes. O objetivo é diminuir as emissões de CO2 e aumentar a autonomia e a eficiência.

O grupo coreano Hyundai-Kia está ciente que é um passo fulcral para os modelos híbridos e elétricos. Contudo, também anunciou que os próximos modelos “tradicionais” vão combinar os motores de combustão com painéis fotovoltaicos.

Os modelos híbridos de Plug-In serão os primeiros a receber o sistema de captação de energia solar, com a capacidade de carregar entre 30% a 60% a bateria durante o dia.

Obviamente que a eficiência do carregamento dependerá das condições meteorológicas e significa que essa energia acumulada permite diminuir as emissões poluentes e aumentar a economia. Estes modelos vão integrar painéis solares de silício, os quais serão montados num tejadilho comum.

Painéis Solares Fotovoltaicos Hyundai-Kia

O segundo sistema de painel solar é destinado aos modelos de combustão interna. Para maximizar o armazenamento de energia, os painéis fotovoltaicos serão instalados num tejadilho sem transparente, sem a necessidade de alterar visualmente o veículo.

O último sistema é exclusivo a modelos sem emissões poluentes, aplicando as células solares fotovoltaicas no tejadilho e no capot. O objetivo deste sistema é, garantidamente, aumentar a quantidade de energia captada.

Todos os sistemas utilizam painéis solares que permitem gerar até 100Wh de energia que é canalizada através de um controlador que maximizará a energia absorvida. A partir dessa altura, dá-se a conversão da eletricidade que pode ser utilizada para diminuir a carga no gerador AC ou ser armazenada nas baterias.

A ideia da bateria voltar a ter parte da carga num dia sem chuva é bastante promissora. E, de acordo com o responsável do departamento de engenharia do grupo Hyundai, “estes painéis são apenas uma das muitas tecnologias geradoras de eletricidade que vamos introduzir nos nossos veículos”.

Fonte: Portal Energia