Instalação de equipamentos de energia solar tem redução de custo em 50% no Brasil

Cada vez mais procurados, os painéis solares fotovoltaicos surgiram como forma de reduzir a emissão de gás carbônico (CO²) e, também, os custos na conta de luz. Um dos fatores que mais tem contribuído para o aumento da procura deste meio de produção de energia é o preço, que atualmente está mais acessível. No Brasil, a redução nos preços dos equipamentos geradores de energia solar chegou a 50%.

Os profissionais da área acreditam que o alto custo para a instalação desses painéis, até então, era um forte impedimento para os consumidores interessados. Com a tendência de queda no custo, o interesse das pessoas começa a voltar e a maioria adota a energia solar fotovoltaica em sua empresa ou residência.

De acordo com o presidente da Comerc Energia, Cristopher Vlavianos, ainda falta incentivo à adoção do sistema, como é feito no exterior. Cristopher acredita que é necessário oferecer mais linhas de financiamento para incentivar os pequenos consumidores. No exterior, os índices de radiação solar são bem menores, porém há mais possibilidade de financiamento.

No Brasil, os bancos que costumam disponibilizar linhas de crédito para a instalação de sistemas solares são: Bradesco, Santander, Votorantim, Banco do Nordeste, Banco do Amazonas e Caixa Econômica. No entanto, executivos do setor afirmam que os juros cobrados ainda são altos. Com isso, a energia solar fotovoltaica ainda não é tão aproveitada quanto poderia ser no Brasil, já que o país está situado em uma zona tropical que oferece alta incidência de radiação solar.

Os especialistas do setor ainda revelam que a maioria das linhas disponíveis é destinada para projetos de pessoas jurídicas, o que representa mais uma dificuldade aos consumidores físicos. O Banco do Brasil e a Caixa, hoje oferecem condições com juros altos, em alguns casos, entre 2,5% e 3% ao mês. O ideal, segundo os profissionais, é oferecer linhas de crédito mais atraentes para pessoas físicas.

O sócio-diretor da empresa Green Solar, Maurício Ribeiro, diz que a procura de sistemas de geração de energia solar por parte de consumidores residenciais e de pequenos comércios cresceu de 20% a 42%, no ano passado. O sistema de geração solar fotovoltaica pode ser instalado em qualquer casa ou prédio, seja residencial, comercial ou industrial, de baixa ou alta tensão. Basta ter espaço para a instalação dos painéis, porém nos casos onde não houver espaço físico, pode ser adotada a gestão compartilhada.

O presidente da empresa Engie Solar, Rodolfo de Sousa Pinto, diz que outro fator que está contribuindo para a busca pela energia solar fotovoltaica é o aumento nas tarifas de energia elétrica que vem acontecendo nos últimos anos. Isso faz com que consumidores busquem outros meios de energia, e nessa busca se deparam com custos de instalação de sistemas solares muito acessíveis e acabam optando por aderir esta fonte de energia.

Para saber mais informações e novidades sobre energia solar, acesse o Portal Solar , um site que auxilia os interessados em energia solar fotovoltaica  a encontrar a melhor empresa para instalação de equipamentos de sistemas solares como, por exemplo, o painel solar que serve para captação de energia solar em indústrias, empresas ou residências.

Fonte: odiario.com