João Pessoa em 12º no ranking da energia solar

energia-solar-em-casa
De acordo com a Comerc Energia, João Pessoa aparece em 12º lugar no ranking das capitais brasileiras que oferecem o melhor retorno econômico para projetos de energia solar residencial.

ranking-energia-solar_02

No Nordeste, a Capital paraibana fica bem abaixo de Fortaleza (segunda colocada) e Recife (quarto lugar no ranking) na relação custo versus benefício de quem quiser investir em um sistema fotovoltaico para a geração de energia em casa. João Pessoa ‘perde’ ainda para Salvador, Teresina e Aracaju, mas ‘ganha’ das demais capitais nordestinas, começando por Natal (RN) que fica logo abaixo e de Maceió, 21ª no ‘Comerc Solar’.

“Embora o Brasil seja predominantemente ensolarado, a viabilidade de um sistema fotovoltaico também depende de outros fatores como o preço da tarifa de energia cobrada pela distribuidora local e o custo do ICMS”, diz a matéria da Gazeta, que tem como fonte a própria Comerc.

“Considerando esses fatores, Belém (PA), Fortaleza (CE), Rio de Janeiro (RJ), Recife (PE) e Goiânia (GO) despontaram no ranking da Comerc como as capitais que oferecem o melhor retorno financeiro para projetos residenciais de energia solar. Embora o índice de insolação das duas capitais nordestinas seja maior, elas têm tarifas de energia mais baixas”, acrescenta.

Quanto custa

Um sistema para atender uma casa pequena, de até duas pessoas apenas, com demanda de 1,5 Kilowatt-pico (Kwp), pode custar de R$ 15 mil a R$ 20 mil. Já um sistema de 3 Kwp, que supre a necessidade energética de uma casa média com quatro moradores, pode custar de R$ 25 mil a R$ 32 mil. Em uma casa grande, com cinco pessoas, um sistema de 5 Kwp custa entre R$ 36,5 mil e R$ 46,5 mil.

Fonte: Blog Jornal da Paraíba