Noruegueses investem em central de energia solar em Moçambique

Uma central de energia solar, com capacidade para gerar 40 Megawatts, será instalada no distrito de Mocuba, província da Zambézia, centro de Moçambique, num investimento de US$ 80 milhões de dólares, resultantes de uma parceria público-privada.

FOTO;WIKIPEDIA/ARQ

A central será ligada a uma rede a ser desenvolvida numa parceria entre a Scatec Solar, o Norfund e a Eletricidade de Moçambique (EDM), segundo informação avançada pelo presidente do Conselho de Administração da EDM, Mateus Magala, no decurso do fórum de negócios Moçambique-Noruega.

A construção do empreendimento é coberta por um acordo assinado em 2017, por ocasião da visita a Moçambique do ministro norueguês dos Negócios Estrangeiros, Borge Brende.

O projeto é o primeiro no país de produção de energia solar em grande escala, representando um importante passo na realização do objetivo nacional de incrementar a geração de energia renovável.

Segundo Magala, citado hoje pelo jornal “Notícias”, o projeto começa a ser realizado em Março e vai durar 10 meses.

De acordo com a fonte, outro projeto estruturante em perspectiva é o da central de Temane, que prevê a geração de 400MW de energia elétrica a partir do gás natural.

Associado a esta iniciativa está a construção de uma linha de transmissão ligando Temane, na província meridional de Inhambane e Maputo, numa distância aproximada de 700 quilômetros.

“Neste momento, estamos numa fase muito avançada e esperamos que dentro deste ano possamos fazer o fecho financeiro e começar a implementação do projeto no próximo ano, tal que em 2021 possamos injetar energia na rede”, disse Magala.

Fonte: África 21 Digital