Os 3 motivos de quem usa energia solar e nunca mais quer mudar

Se tem uma coisa que deixa a vida de qualquer pessoa economicamente mais rentável ― e com dinheiro sobrando no bolso no final do mês ―  é diminuir o custo de vida e os gastos com supérfluos.

Fácil falar, né?

A verdade é que os custos essenciais como moradia, transporte, celular, água e eletricidade estão entre os gastos que acabam consumindo até mais da metade do orçamento familiar.

Onde a energia solar entra nisso tudo, é fácil: a conta de energia fica 95% mais barata.

Imagine só, de uma fatura de energia elétrica de R$ 300,00 para uma de R$ 30,00.

Esse e mais outros 2 motivos estão entre as razões daqueles que já possuem telhados com painéis solares e nem imaginam mais a vida sem essa tecnologia em casa.

Confira!

#1 Conta de luz até 95% mais barata

Esta é a poderosa motivação para a maioria dos brasileiros que, mesmo adotando medidas de economia de energia em casa, ainda pagam valores absurdos na conta de luz no final do mês.

E a mesma motivação funciona para empresas.

O alto consumo de energia elétrica para manter suas atividades chegam a valores exorbitantes que poderiam ser direcionados para outras implementações.

Para muitos, essa é a melhor e mais atrativa característica da energia solar.

Um sistema fotovoltaico é imbatível para acabar com a conta de luz cara, proporcionando até 95% de redução!

Não é à toa que só tem aumentado o uso dos simuladores de energia solar, que conseguem estipular os custos que você teria para instalar energia solar na sua casa ou empresa.

Funciona assim: toda a energia fotovoltaica gerada será injetada no quadro geral de força elétrica da sua casa ou empresa e irá alimentar todos os equipamentos que estiverem ligados à tomada.

Caso a potência (quantidade de energia) gerada pelo sistema seja superior ao consumo desses equipamentos, a parte da energia excedente será exportada para a rede.

Na sua conta de luz, após instalação do sistema de captação de energia solar, irão aparecer dois valores: o tradicional da energia consumida e o novo da energia injetada.

E é a partir desse processo que a economia proporcionada pelo SOL começa a acontecer para você.

O valor da energia injetada é utilizado como crédito energético e serve para abater o valor da energia consumida da distribuidora a noite, por exemplo.

Ou seja, você pode gerar créditos para zerar o consumo de energia vinda da distribuidora!

Já imaginou essa redução de custos na sua casa ou no seu negócio?

#2 Economia por mais de 25 anos

Após o financiamento da compra e instalação de energia solar, você tem a vantagem de se preocupar com conta de luz só depois de 25 anos!

São mais de 25 anos gerando a sua própria energia elétrica de qualidade.

E se engana quem ainda contesta o custo de compra e instalação.

A conta fecha com o saldo super positivo porque, além da facilidade de financiamento, o investimento se paga em torno de 3 anos.

Quem tem não se arrepende do investimento e ainda prova com a redução da conta de energia o quanto o investimento se paga em pouco tempo.

#3 Energia limpa, fácil de manter e sem apagões

Não existe produção e nem emissão de poluentes decorrente da geração de energia solar, como por exemplo, o CO².

Você pode chamar de energia limpa, verde ou energia renovável.

O importante mesmo é que investindo na instalação de um sistema fotovoltaico na sua casa ou empresa, você:

  • Não é mais refém das oscilações de tarifas energéticas;

  • Contribui para preservação ambiental tão necessária para nosso planeta;

  • Fica livre dos racionamentos e apagões.

E para quem já usou o simulador de energia solar, investiu na tecnologia e não paga mais caro na conta de energia, só resta uma preocupação: manutenção.

E, falando sério, os sistemas fotovoltaicos funcionam 12h por dia, gerando energia diariamente e precisam de baixíssima manutenção.

Vai ser preciso lavar os módulos a cada 6 meses se ficarem muito sujos.

Geralmente quando a chuva não se encarrega da limpeza,  como em casos de pássaros e poluição.

Quem é que não quer essa facilidade na vida?

E o dinheiro economizado na conta de luz fica sobrando no seu bolso.

Fonte: EcoDebate