Procura por sistema de energia solar cresce no interior de São Paulo

Em Boituva (SP), comerciantes afirmam que as vendas aumentaram em até 50%. Moradores alegam que sistema ajuda a diminuir os gastos nas contas de energia.

Sistema solar ajuda na economia de energia elétrica — Foto: Reprodução/TV TEM

As vendas do sistema de energia solar cresceram em 50% nas lojas de Boituva (SP), segundo os comerciantes. Segundo o proprietário de uma loja, Hudson Henrique Medeiros, desde o ano passado há uma alta procura pelo sistema na cidade.

“Uma casa que hoje tem quatro pessoas economiza uma faixa de R$ 100 por mês só com energia. Então, o custo benefício é muito grande”, afirma.

O sistema tem sido procurado pelos clientes devido à economia na conta de energia. André Maestrello Matos, por exemplo, é construtor e conta que instalou o sistema em sua casa nova.

“Hoje meu custo está reduzido quase pela metade. Em casa, somos em cinco pessoas. Então, são vários banhos e eu senti bastante diferença na minha conta”, afirma.

Ele ainda diz que para manter o sistema de aquecimento em uma família com cinco pessoas é necessário ter pelo menos cinco placas e um reservatório. De acordo com ele, o investimento é de aproximadamente R$ 5 mil, mas faz diferença na conta de energia no final do mês.

Como funciona?

Sistema de aquecimento solar é procurado por moradores de Boituva — Foto: Reprodução/TV TEM

O sistema solar esquenta a água por meio de placas que captam a radiação solar. Com isso, a água esquenta e vai para um reservatório, o que ajuda a diminuir os gastos nas contas de energia.

De acordo com a vendedora Daniele Rodrigues Lopes Moreira, o morador já pode instalar o sistema ainda na construção do imóvel.

“O aquecimento solar pode ser colocado na hora que a pessoa está construindo. Ela vai adquirir um cilindro de inox com placas, onde uma placa é para cada 100 litros de água. Assim, irá acumular água quente para fornecer aos chuveiros e torneiras”, diz.

Ainda segundo a vendedora, em dias sem sol o sistema não funciona. Então, as opções visam o chuveiro elétrico ou ligar uma resistência que fica no aquecedor para esquentar a água. Porém , será necessário o uso de energia elétrica.

A moradora Elaine Cristina Bozza conta que adquiriu o sistema para evitar passar frio no chuveiro durante o inverno.

“O aquecedor elétrico consome muita energia. Já o solar não, pois é com a luz do dia. Então, a economia é maior”, diz.

Fonte: G1