Produção e uso da energia solar no Brasil é tema de debate nesta terça

As comissões de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, e de Minas e Energia discutem nesta terça-feira (30) o aproveitamento da energia solar no Brasil.

Os deputados João Fernando Coutinho (PSB-PE) e Luiz Lauro (PSB-SP), que pediram a realização desse debate, lembram que 47% energia brasileira é produzida por meio de fontes limpas e renováveis. O restante é oriundo de fontes térmicas fósseis, o que significa, na opinião dos parlamentares, uma grande vantagem comparativa em relação aos demais países. Coutinho e Lauro, no entanto, ressaltam que a geração da quase totalidade da eletricidade no País é de origem hidrelétrica. Uma dependência que, segundo os deputados, tem comprometido a segurança energética nacional.

Na opinião dos deputados, o País pode oferecer com segurança, muito mais energia oriunda de fontes limpas renováveis, e de forma diversificada. Eles ressaltam que os governos podem incentivar a diversificação da matriz energética criando projetos de fomento à energia solar e fomentando a produção e o consumo de energia solar com sustentabilidade.

Debatedores

– o secretário-adjunto do Meio Ambiente do Distrito Federal, Carcius Azevedo dos Santos;

– o analista sênior da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, Pedro Queiroz Filho;

– o professor doutor de Engenharia Elétrica do Laboratório de Fontes Renováveis da Universidade de Brasília, Rafael Shayani;

– a coordenadora da Campanha de Clima e Energia do Greenpeace Brasil, Bárbara Rubim;

– o diretor da Build Your Dreams (BYD), Alexandre Liu; e

– o presidente-executivo da Associação Brasileira da Indústria Elétrica Eletrônica, Humberto Barbato.

A audiência será realizada a partir das 14 horas, no plenário 2.

Fonte: Jornal Floripa