Show Rural Coopavel tem maior planta de placas solares do Paraná

Parte dos telhados de construções que abrigam estruturas da cooperativa na feira foi usada na recepção de 468 placas, cada uma pesando 26 quilos.

A maior planta de placas fotovoltaicas do Paraná acaba de entrar em funcionamento na 30ª edição do Show Rural Coopavel, que foi oficialmente aberta no domingo, 4, e seguirá até sexta-feira, 9. Parte dos telhados de construções que abrigam estruturas da cooperativa na feira foi usada na recepção de 468 placas, cada uma pesando 26 quilos.

Uma empresa especializada foi recrutada para fazer a instalação do sistema, que será capaz de gerar 85% da energia demandada no parque que recepciona o terceiro maior evento do mundo em transferência de tecnologias para o agronegócio. “Durante poucas semanas que antecedem e outras depois da feira, precisamos de energia da rede convencional. Mas no resto do ano, sobra energia que é vendida à concessionária”, diz o presidente da Coopavel, Dilvo Grolli.

O investimento da empresa no sistema chega a R$ 1,5 milhão. Com a entrada de mais fabricantes e fornecedores no mundo, o valor dos componentes baixou e os projetos passam a ser bastante viáveis também no Brasil, diz o diretor da Biowatts, Pedro Tochetto. Uma das estruturas com placas solares no parque, ao lado da administração, já é empregada para abastecer veículos elétricos desenvolvidos pela Itaipu em parceria com a francesa Renault.

Devido à crescente demanda por energias renováveis, o Banco do Brasil, uma das nove instituições financeiras que participam do 30º Show Rural Coopavel, oferece aos visitantes uma linha especial de financiamento. É o BBAgroenergia, que disponibiliza recursos a taxas e a prazos diferenciados. “Essa é uma tendência irreversível e a feira, que é uma disseminadora de novas tecnologias, não poderia ficar de fora. Por isso, investimos nessa tecnologia com foco na sustentabilidade”, diz o diretor executivo do Show Rural Coopavel, Acir Palaoro.

Crédito: Assessoria

Fonte: CGN