Unesc é contemplada pelo Programa de Eficiência Energética da Celesc

Com o intuito de combater o desperdício de energia, a Celesc lança todos os anos uma Chamada Pública para Seleção de Projetos em Eficiência Energética. Entre os 10 projetos classificados, em um total de 33 inscritos, a Unesc foi contemplada, ficando em 6º lugar, e vai receber R$ 856 mil para o melhoramento do desempenho energético de equipamentos e sistemas que utilizam energia elétrica.

Para participar desta Chamada os projetos deveriam estar pautados em ações de melhoria de instalação, que são ações realizadas em instalações de uso final de energia elétrica envolvendo a troca ou melhoramento do desempenho energético de equipamentos e sistemas de uso da energia elétrica. Projetos que contemplem, além das ações de melhoria, a inclusão de geração de energia elétrica com uso de fontes incentivadas, poderiam participar do processo de seleção.

Segundo o reitor Gildo Volpato, a preocupação da Unesc pelo fortalecimento sustentável é vigente. “A Universidade tem uma missão que presa pela melhoria da sustentabilidade do ambiente de vida. A vinda desse recurso, além de fortalecer nosso ideal, faz com que nós concretizamos mais uma série de ações em busca do selo verde, um título máximo de uma instituição sustentável, ainda vamos chegar lá”, ressaltou.

O projeto foi coordenado pela equipe do Departamento de Projetos e Infraestrutura da Unesc, sob responsabilidade do engenheiro Israel Dal Toe Benincá e a gerencia de Grasiela de Espíndola Goulart Nuernberg.

A pró-reitora de Administração e Finanças, Kátia Sorato, comentou que com a contemplação desse projeto, além dos benefícios ambientais, a Unesc terá uma redução de gastos com energia elétrica, com manutenção e substituição de equipamentos. “Serão inúmeras as melhorias, como por exemplo a nossa piscina, que agora irá funcionar com aquecimento por meio de placas solares”, comentou a professora.

Ações previstas no projeto:

– Substituição de 70 climatizadores de janela por condicionadores de ar Split Inverter classe A com gás ecológico.

– Substituição de mais de 6 mil lâmpadas Florescentes e descarga que contem mercúrio e metais pesados por lâmpadas e luminárias em LED com selo “PROCEL IN METRO”.

– Implantação de sistema de aquecimento Solar na Piscina do Complexo Esportivo;

– Instalação de Desumidificadores de Alta Eficiência no sistema de climatização do Biotério;

– Capacitação para comunidade acadêmica para uso racional e consciente dos recursos energéticos e seus impactos no meio ambiente.

Alguns benefícios com a implantação do Projeto:

– Substituição dos equipamentos atuais por equipamentos mais modernos e com selo A Procel.

– Redução de 16% no consumo de energia e redução de 8,6% de demanda na ponta.

– Redução em mais de 20% nos custos com energia elétrica e cerca de em mais de 12 % nos custos com manutenção.

– Redução das despesas com manutenção de sistema de iluminação e equipamentos.

– Redução das interrupções dos serviços provocados pelas manutenções corretivas nos sistemas.

– Contribuição para difusão de uma cultura que privilegia os processos de desenvolvimento sustentáveis, que valorize a conservação de energia, o ambiente e os recursos naturais.

– Aumento da satisfação do ambiente de trabalho contribuindo para melhoria dos serviços prestados à comunidade.

Colaboração: Mayra Lima / Comunicação Unesc

Fonte: Portal Hulhanegra