Weg, Engie e Fiesc lançam programa de energia solar

Plano prevê beneficiar 50 mil indústrias catarinenses no futuro.

A Weg, em parceria com a Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) e com a geradora de energia elétrica Engie Brasil, lançaram nesta sexta-feira (27) o Programa Indústria Solar. O projeto consiste em facilitar a instalação de sistemas fotovoltaicos residenciais com condições atrativas para os colaboradores da Fiesc, Engie e Weg, Sesi/SC, Senai/SC, IEL e Celesc. No caso da ENGIE e WEG, o programa é válido para funcionários de todo o país.Os participantes terão acesso a linhas de financiamento com taxas de juros menores do que as praticadas no mercado, assim como a preços diferenciados. As inscrições para essa etapa começarão no dia 20 de novembro.  Em uma segunda fase, prevista para 2018, será a vez de colaboradores de outras empresas catarinenses participarem. Posteriormente, serão as próprias indústrias as beneficiadas.

Além de incentivar a geração de energia solar pelas mais de 50 mil indústrias do Estado, o objetivo do projeto é ajudar a tornar o setor produtivo catarinense mais moderno, eficiente e competitivo. “Juntas Fiesc, Engie, Weg, Sesi, Senai, IEL e Celesc possuem mais de 40 mil funcionários. Temos dentro de casa um grande potencial de adesão aos sistemas fotovoltaicos e a construção de um futuro muito mais sustentável”, explica Manfred Peter Johann, diretor superintendente da Weg Automação.

Segundo dados mais recentes da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o país conta atualmente com 16 mil sistemas fotovoltaicos conectados à rede elétrica, número que representa 40% do total de colaboradores que as três empresas criadoras do Programa Indústria Solar empregam. O Programa Indústria Solar terá ainda o apoio do BRDE e Cecred.

Fonte: Amanhã