Usina Térmica Cornélio Haro Varela I

Não é só de usinas solares fotovoltaicas que nos ocupamos. Acreditamos que é nossa responsabilidade e missão dar seguimento a todo tipo de aproveitamento das energias renováveis, sejam solares, eólicas, ou de biomassas. Por isso, quando nosso cliente pediu que cuidássemos do projeto de uma usina solar térmica para sua residência, não hesitamos em aceitar o desafio.

Os parâmetros do projeto pediam um coletor solar capaz de aquecer água para banho e consumo num reservatório de 400L. Como já houvesse um sistema de pressurização para toda a residência, optamos por um sistema de “heat pipes” de cobre, de alta pressão, com circuito fechado, acionado por um bomba de circulação controlada por um termômetro diferencial eletrônico.

IMG_4083

São dois kits coletores de 20 tubos de vácuo de vidro de boro-silicato com 58 mm de diâmetro e 2 metros de comprimento cada um, com cabeçotes trocadores de calor em cobre ligados em série, ambos com isolamento em poliuretano, caixas externas e estruturas de suporte em alumínio, para uma área total de 4,94 m² e eficiência energética de 78,2%, de acordo com as especificações da Ten do Brasil de Maravilha, SC, fabricante dos kits.

IMG_4082

O sistema possui válvulas de alívio de pressão contra super-aquecimento, e válvula corta-vácuo para uma eventual falta de água no circuito. Os cavaletes foram fixados no telhado através de uma estrutura de aço rigidamente fixada no telhado. Todos os encanamentos e conexões são de cobre, revestidos com isoladores térmicos de isopor e fita aluminizada reflexiva de acabamento.

O sistema conta ainda com um aquecedor de apoio a gás, e bomba de circulação. Logo no primeiro dia o sistema já produziu água quente à temperatura de 92 °C, o que nos obrigou a reprogramar o controlador eletrônico para garantir a circulação de água nessas situações, para assim evitar novos super-aquecimentos.

Ficamos bastante sastisfeitos com o projeto, e temos certeza que nosso cliente também.