Usina Solar VP-1 (em Curitibanos, SC)

Com potência instalada de 7.920 Wp, a usina solar VP-1 deverá produzir uma média mensal 850 kWh de energia elétrica para o seu proprietário. Homologada pela CELESC desde 28/9/2018, esta usina foi construída com 24 módulos fotovoltaicos de 330Wp da marca Jinko Solar, e dois inversores, um PHB 1500-NS e outro PHB 5000D-NS, e uma estrutura metálica em aluminio perfilado modelo K2.

Com uma configuração retangular muito simples, o painel fotovoltaico aproveita as duas águas do telhado, que estão orientadas para o leste e para o oeste, possibilitando assim o melhor nível de geração e aproveitamento do recurso solar disponível na residência de seu proprietário.


Com amplo espaço para refrigeração, os inversores PHB 1500-NS e PHB 5000D-NS foram montados mais ao alto, na lavanderia da residência, em local bastante arejado e ao mesmo tempo bem protegido das intempéries.

Usando string-boxes dedicadas para os circuitos DC, a instalação conta ainda com proteção nos circuitos AC, nas saídas dos dois inversores, e total flexibilidade de manobra.

Não somos fãs dos cabos longos, mas procuramos respeitar as especificações de distanciamento dos inversores, garantindo o seu melhor desempenho, sem sobre-aquecimento excessivo.

Num projeto com uma duração total, entre a sua aprovação e a homologação final, de apenas 1 mês e meio, ficamos bastante satisfeitos com o resultado, e temos certeza que o nosso cliente também.

De fato, com uma capacidade de geração bem acima da média das instalações residênciais no país, esta usina irá compensar o consumo de energia de três unidades consumidoras, todas em nome do seu proprietário, garantindo um substancial economia nas despesas de energia de toda a família.

Estimamos que esta usina irá amortizar o investimento de seu proprietário em no máximo 6,2 anos. Mas esperamos que este tempo seja ainda mais reduzido, na medida em que haja aumentos nos custos da energia, e na medida em que o governo estadual acate a resolução do CONFAZ, eliminando a cobrança do ICMS sobre a energia injetada na rede, conforme promessa anunciada recentemente. Com uma vida útil estimada em 30 anos, temos confiança que nosso cliente terá um retorno muito lucrativo e compensador.