Tag: Energia elétrica

Matriz deve levar em conta a segurança energética, dizem representantes do governo

A necessidade de considerar a segurança energética foi um ponto de convergência entre os participantes da audiência pública

A exclusão das usinas termelétricas da matriz energética brasileira é meritória, mas qualquer decisão na contratação futura de energia deve levar em conta a segurança na produção e oferta. A avaliação foi feita nesta terça-feira (27) por representantes do governo em audiência pública sobre o Projeto de Lei do Senado (PLS) 154/2016, que prioriza a geração de energia elétrica a partir de fontes renováveis e prevê a exclusão, em leilões de energia nova, de usinas termelétricas que utilizem derivados de petróleo. (mais…)


Produção de energia eólica cresce 28% entre janeiro e outubro

Segundo a CCEE, a fonte eólica representou 7,3% de toda a energia gerada no período em todo o sistema.

silhouette of wind turbine on sunset | Energia eólica: usinas produziram 4.527 MW médios no período (Ssuaphoto/Thinkstock)

São Paulo – A produção de energia eólica do Brasil no Sistema Interligado Nacional (SIN) entre janeiro e outubro de 2017 cresceu 28 por cento na comparação com o igual período do ano passado, disse a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) nesta quinta-feira.

Usinas produziram 4.527 MW médios no período, ante 3.531 MW médios de janeiro a outubro de 2016.

Segundo a CCEE, a fonte eólica representou 7,3 por cento de toda a energia gerada no período em todo o sistema. (mais…)


Governo dá um choque no setor elétrico

O governo propôs uma reforma que prevê abertura de mercado, fim de subsídios e privatização da Eletrobras — mas a tarifa de energia ainda vai demorar a cair.

Usina de Belo Monte, no Pará: atrasos em obras geraram contas bilionárias | Lalo de Almeida/Folhapress /

A fabricante de veículos americana general motors decidiu pôr em prática um programa para reduzir o consumo de energia, que costuma ser seu segundo maior custo, atrás da mão de obra. A notícia dessa medida, abrangendo as três fábricas da montadora, nas cidades paulistas de São Caetano do Sul e São José dos Campos e na gaúcha Gravataí, não é de agora — é de 2005. Naquela época, ainda eram recentes as lembranças da série de apagões, causados por falta de planejamento no setor de energia, e do racionamento de 2001. Como parte do programa, a GM montou um departamento de eficiência energética, premiou as áreas que mais economizaram e eliminou pontos de desperdício. Com toda a mudança, em dez anos, a GM cortou pela metade o gasto com energia em cada carro produzido no país. Mas, desde 2012, um conjunto de problemas alheios à empresa, como falta de chuvas, atrasos em projetos de geração e intervenções do governo, prejudicou o setor elétrico e fez a tarifa aumentar mais de 50%. Ou seja: em cinco anos, a conta da montadora subiu o equivalente ao que ela levou o dobro de tempo para economizar. “Tudo o que fazemos é pela busca da competitividade do produto, mas, no Brasil, o custo da energia acaba atrapalhando”, diz Glaucia Roveri, gerente de energia da GM no país. (mais…)


Privatização total do setor elétrico pode trazer tarifaço e fim da energia como um bem público

Privatização total do setor elétrico pode trazer tarifaço e fim da energia como um bem público

O Ministério de Minas e Energia emitiu a Nota Técnica nº 5/2017, propondo alterações das normas que regem o setor elétrico brasileiro, com o objetivo declarado de “aprimoramento do marco legal” desse setor. Esse “aprimoramento”, porém, pode levar a uma mudança radical, de orientação ultraliberal, do funcionamento do sistema elétrico do país como um todo. “O centro desse novo modelo é o conceito de que a energia elétrica é uma mercadoria, uma commodity, que pode ser vendida e comprada em um mercado livre de energia elétrica”, diz o engenheiro Ronaldo Custódio, ex-diretor técnico da Eletrosul, idealizador do Atlas Eólico do Rio Grande do Sul e professor no curso de especialização em Energias Renováveis da PUC-RS. Para os consumidores, uma das principais consequências dessa mudança pode ser um aumento de até 6 vezes no preço pago hoje pela energia. (mais…)


“Pipas” que geram energia passarão por testes na Escócia

“Pipa”: a empresa captou 5 milhões de libras (US$ 6,4 milhões) com as três gigantes do setor de energia (Kite Power Systems/Divulgação)

Londres – Pipas geradoras de energia financiadas por Royal Dutch Shell, Schlumberger e EON iniciarão testes no Reino Unido neste verão boreal com o objetivo de desenvolver uma tecnologia que possa substituir turbinas eólicas offshore.

A Kite Power Systems, conhecida como KPS, está trabalhando em um dispositivo de 17 metros que flutua em correntes de ar acima do solo e gera energia puxando um cabo.

A empresa captou 5 milhões de libras (US$ 6,4 milhões) com as três gigantes do setor de energia em dezembro passado. (mais…)


Programa da Celesc vai custear 60% da instalação de sistema de energia solar em residências catarinenses

celesc_subsidia_painel_solar
Instalação do sistema fotovoltaico pode chegar a R$ 20 mil, mas o investimento é recuperado em torno de cinco anos

A Celesc vai oferecer subsídio de 60% na compra de painéis fotovoltaicos para 1 mil residências em Santa Catarina. O projeto Bônus Fotovoltaico vai estimular a instalação do sistema de captação da energia solar doméstico, que pode ser compartilhado com a rede pública e gerar créditos na fatura do consumidor (veja abaixo como funcionará a inscrição). (mais…)


Investimento em energia solar pode reduzir em até até 90% valor da conta de luz

Segundo o Ministério de Minas e Energia, a produção fotovoltaica é a terceira maior no país, perdendo apenas para os sistemas hidráulico, o mais comum e o eólico, vinda dos ventos.

solar-energy-divulgacao1
De acordo com o MME, até 2030, 2,7 milhões de unidades consumidoras poderão ter energia gerada por elas mesmas.

Um investimento que valoriza o imóvel, poupa o meio ambiente e, em longo prazo, pode trazer lucro, além de promover uma economia de até 90% na conta mensal de luz. Por esses motivos, a geração de energia solar vem se popularizando no Brasil. Segundo informações do Ministério de Minas e Energia, a produção elétrica solar fotovoltaica é a terceira maior no país, perdendo apenas para os sistemas hidráulico, o mais comum e o eólico, que retira energia dos ventos. (mais…)


Solar e eólica vão ‘eclipsar’ hidrelétricas no Brasil.

A dependência brasileira na hidroeletricidade tem data para terminar.

Solar_e_Eolica
Investimentos: energia solar, eólica e biomassa vão atrair US$ 237 bilhões nos próximos 25 anos, prevê relatório.

São Paulo: Dentro de 25 anos, a presença das fontes eólica e solar na matriz energética nacional deve superar a das hidrelétricas. O prognóstico é do novo relatório New Energy Outlook 2016, produzido pela Bloomberg New Energy Finance (BNEF), que prevê uma significativa diversificação tecnológica nos próximos anos.

(mais…)


8 tendências que podem mudar o tabuleiro energético mundial.

Em 20 anos, as energias renováveis ultrapassarão fontes fósseis como o carvão e gás natural na geração global de energia.

Usina_Solar_electric_A
Bloomberg New Energy Finance: em 20 anos, renováveis ultrapassarão o carvão e gás natural na geração global.

São Paulo – Dentro de 20 anos, as energias renováveis ultrapassarão fontes fósseis como o carvão e gás natural na geração global de energia, pavimentando o caminho para uma nova era de geração mais limpa e de menor impacto ambiental.

(mais…)